Caminhão atropela e mata motorista em Jundiaí

O motorista José Rodrigues Neto, de 39 anos, morador no Parque Centenário, em Jundiaí, foi realizar uma manutenção em um caminhão Atego 1728 S, em frente de sua casa na noite de terça-feira (06). Ele chegou a colocar calço, mas o objeto acabou se rompendo e ele foi atropelado pelo caminhão.

Familiares ligaram para o Corpo de Bombeiros e para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Os bombeiros retiraram a vítima do local. O médico do SAMU, Felipe B. Mercante, constatou o óbito no local.

A Polícia Militar foi acionada, registrou a ocorrência e apresentou o caso no Plantão da Polícia Civil.

A delegada Lucimara Taveira Bittencourt determinou a apreensçao do caminhão para perícia da Polícia Científica. O veículo foi recolhido ao pátio da Polícia Civil no bairro do Jardim Novo Horizonte.

A delegada determinou ainda para a escivã Miriã a elaboração de requisição de exames necroscópicos pelo Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí e o encaminhamento do caso para investigação do 2º Distrito Policial, pela equipe do delegado Antônio Seleguin Júnior.

Nas redes sociais amigos e familiares lamentaram a morte de José, demonstrando muito carinho por ele.

Um familiar disse que ele era tão jovem, querido de todos e pede que olhe pela família do Céu.

Um outro amigo contou que José já passou por tantos perigos e não se conforma com uma morte assim. Lembrou que ele “era companheiro”. “Imagina um rapaz bom”, disse.

A filha Taís escreveu: “Todos nós sabemos que vamos morrer um dia, que é a lei da vida, mas quando acontece tão próximo da gente, é difícil de aceitar “.