Sisu encerra inscrições nesta sexta-feira (09)

Interessados em tentar uma vaga em uma instituição pública de ensino têm somente até esta sexta-feira (9), para se inscrever na primeira edição do 2021 do Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Até as 18h de ontem (8), o SiSU 2021/1 registrou 2,031 milhões de inscrições feitas por 1,057 milhão de candidatos. O número de inscrições é maior que o de inscritos porque cada candidato pode concorrer em até dois cursos.

O sistema seleciona os candidatos por meio de análise das notas do Enem 2020. Os pesos e as notas mínimas de cada uma das cinco provas do exame educacional variam conforme o curso e universidade.

No momento da inscrição, o estudante precisa informar o curso, faculdade, unidade, turno e modalidade de concorrêcia: se ampla concorrência, cotas ou programa de políticas de ações afirmativas.

O SiSU 2021/1 oferece 206.609 vagas, distribuídas em mais de 5,5 mil cursos de graduação de 109 instituições públicas de educação superior, como universidades federais e estaduais e institutos e centros federais.

 

NOTAS DE CORTE

 

Todos os dias de inscrição, à meia noite, o Ministério da Educação (MEC) liberou acesso às notas de corte. Para fazer a consulta, é necessário clicar no ícone de pesquisa o nome do curso ou da instituição de ensino.

A nota de corte é a menor nota que o estudante precisa ter para disputar uma das vagas. Essa nota é determinada com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência.

Para Medicina, que é o curso mais procurado pelos estudantes, é necessário ter mais de 70% de acerto no Enem 2020. Para se ter uma ideia: a nota de corte mínima para tentar uma vaga na carreira foi 730 pontos na quarta-feira e quase 800 ontem.

 

RESULTADO

 

Conforme o cronograma do SiSU 2021/1, o resultado deve sair no dia 13 de abril. Já o prazo para manifestar interesse na lista de espera será de 13 a 19 de abril.

A lista de espera é repassada para as instituições que definem as próximas chamadas e os respectivos calendários. Quem se inscrever na lista de espera deve acompanhar a seleção pelas próprias páginas das universidades que oferecem a vaga.

%d blogueiros gostam disto: