Jundiaí tem mais 16 óbitos de Covid confirmados

A Prefeitura de Jundiaí divulgou no Boletim Epidemiológico da tarde desta segunda-feira (12) mais 16 óbitos provocados pela Covid-19. São dados acumulados envolvendo 8 homens e 8 mulheres. Três deles morreram em hospitais privados, que demoram mais para notificar a Prefeitura e mais três que chegaram exames após análise em laboratórios.

O gestor de Saúde, Tiago Texera, disse em entrevista na TV TEC da Prefeitura que está ocorrendo uma desaceleração no número de contaminados no município e de ocupação de leitos – um dos fatores é a vacinação da população.

Mas o número de óbitos ainda é alto, porque são pessoas que se contaminaram no pior momento da pandemia, na segunda onda em março.

Mesmo com a desaceleração das internações, os números são altos em relação ao pior momento do ano passado. Há três semanas o número de internados no fechamento de 7 dias foi de 183 casos. Daí, na semana retrasada foi de 136 pessoas e na semana passada mais 118 internações.

Quanto ao número de óbitos, o gestor de Saúde disse que eles continuam ocorrendo e a Prefeitura está investigando quem tomou vacina, se passou o prazo médio de 15 dias de imunização. Todos os cuidados devem ser tomados para que a pessoa não pegue o vírus, mesmo tomando a vacina.

O gestor disse ainda que já é sensível nos relatórios que houve queda nas internações de pessoas com mais de 80 anos, porque tomaram a segunda dose da vacina nos postos da Prefeitura.

Quem está morrendo nessa semana, segundo o gestor, são pessoas que contraíram a Covid provavelmente no pior momento da pandemia em março.

Daqui a três semanas haverá reflexos na queda de internações. Na última semana houve queda de 15% de sintomas gripais nos postos sentinelas da Prefeitura. Mesmo assim são números elevados de contaminados na cidade, em relação ao ano passado, que eram de 315 casos por dia em março de 2020 e neste mês está em torno de 570 casos.

O gestor orienta a população a continuar se cuidando.

O número total de óbitos no município chega a 934 vidas perdidas.