Jundiaí registra mais 13 óbitos, totalizando 985 vidas perdidas

O último Boletim Epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Jundiaí, na tarde deste sábado (17) trouxe mais 13 óbitos confirmados de vítimas do Coronavírus, elevando o total de 985 vidas perdidas.

Esse total é desde o início da pandemia em março do ano passado, no município.

Se for mantida a média de mortes diárias, na segunda ou terça-feira passaremos de mil mortos só de moradores de Jundiaí.

O Ministério da Saúde esclarece que é “Fake News” as mensagens veiculadas nas redes sociais de que os municípios recebem dinheiro por número de mortos.

A única coisa que o Ministério faz é enviar recursos para tratamentos de pessoas internadas. Mesmo assim os municípios estão bancando muitos custos para tratamento dos doentes.

O Governo do Estado de São Paulo entrou na Justiça para cobrar do Ministério da Saúde mais recursos para a Saúde, mais medicamentos para fazer intubação e oxigênio.

Maior número de óbitos

Em Jundiaí, o Jardim do Lago tem liderado o triste ranking de óbitos da Covid.

São 64 casos, contra 48 do Cecap e 40 da Vila Maringá.

O Jardim Novo Horizonte está com 38 casos de óbitos.

A cidade tem 699 casos ativos no momento. O vírus está “circulando” mais no Jardim do Lago (39), Novo Horizonte (37), Cecap (36), Vila Nambi (32), Maringá,(29).

Os demais bairros estão com média de 10 a 20 casos.

Já o índice de internações hospitalares tem caído a cada dia que passa. São 92% na rede pública e 87% na rede privada.

Foto do Motoboy Xororó de homenagem às vítimas da Covid em Jundiaí, com cruzes colocadas na Praça das Noivas, no cruzamento das avenidas Nove de Julho e Frederico Ozanan, na manhã deste sábado.

Recuperados

O número de recuperados da Covid em Jundiaí até este sábado é de 32.973 pessoas, sendo que quase 3 mil são do Jardim Novo Horizonte. O Jardim do Lago tem 1.675.