Escolas municipais retomam as aulas em novo sistema

A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Educação, retomou, nesta segunda-feira (19), as aulas da rede municipal de ensino com o programa “Estudo é Tudo”, voltado para alunos com dificuldades de aprendizagem na alfabetização de estudantes dos 3º ao 5º anos. A aluna Ester Pereira Camilo, de 8 anos, da EMEB Anna Rita Alves Ludke, na Vila Alvorada, disse que está muito feliz com a retomada das aulas.

“É um sonho poder voltar para a escola”, conta com alegria. Uma mãe do Fazenda Grande procurou o “Jornal da Região” na manhã desta segunda-feira (19) para comentar que os filhos sentem muita falta das professoras e dos amiguinhos e querem voltar a estudar “presencialmente”.

Dentro do programa Escola Inovadora, criado na gestão do prefeito Luiz Fernando Machado, as aulas priorizam o desemparedamento da infância, que preconiza as atividades em áreas externas, ao ar livre e em contato com a natureza. Logo no primeiro dia de aula, os estudantes do programa, tiveram o momento de contação de história na quadra esportiva.

 

Atividades fora da sala de aula fazem parte das ações de desemparedamento, a partir da Escola Inovadora

As escolas seguem todos os protocolos de segurança sanitária vigentes, higienização dos espaços com água sanitária, dos mobiliários com álcool 70%, distanciamento social, assim como os cuidados individuais de uso de máscara e álcool em gel nas mãos. O retorno presencial é uma decisão de cada família, que pode optar por seguir com o aluno no ensino remoto.

Ester ficou feliz com a retomada das aulas

A gestora de Educação, Vastí Ferrari Marques, explica que o retorno das aulas será gradual. “Olhamos para Jundiaí a cada semana, seguimos a orientação do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) e o Plano São Paulo para fazer a análise semanal e, quando possível, permitir a inserção gradual de mais turmas, priorizando os seguintes critérios: crianças em processo de alfabetização, alunos que não têm acesso à tecnologia para seguir com o ensino remoto, estudantes que precisam da alimentação escolar e aquelas que estão com a saúde emocional abalada”, comenta.

Os demais alunos da rede municipal seguem, neste primeiro momento, em sistema remoto. Serão realizadas análises semanais, observando o cenário e mantendo as orientações do CEC.

imagem mostra sala de aula com professora à frente,  usando máscara e face shield; quatro alunos estão com distanciamento social e usando máscaras.
Escolas seguem os protocolos de segurança sanitária