TV Cultura aborda o suicídio

O Café Filosófico CPFL estreia neste domingo (9), na TV Cultura, a série “Vidas que seguem ou acabam – o suicídio entre crianças e jovens”. Com curadoria do psiquiatra Neury Botega, a série quebra o tabu sobre o assunto e aborda o crescente número de mortes entre adolescentes e jovens adultos. Traz, ainda, reflexões sobre o porquê tantas pessoas têm desistido de viver e sobre os caminhos para prevenção de um fenômeno tão complexo quanto o suícidio. A série é inédita, composta por cinco episódios que contam com a participação de Neury Botega, de José Manoel Bertolote, Berenice Rheinheimer e Leandro de Lajonquière.

“É uma série que toca muito as pessoas. Durante as gravações, eu vi pessoas emocionadas: pais, mães, amigos, namorados e até adolescentes que buscavam um apoio ou uma alternativa para si ou para ajudar alguém ao seu redor. Contamos com um time de especialistas incríveis para lidar com um tema tão sensível. Vale a pena conferir cada episódio”, explica a produtora executiva do Instituto CPFL, Gabriela Gallo.

No episódio de estreia, Neury Botega defende que é preciso falar sobre suícidio, reafirmando que discutir o tema é uma forma de prevenção. “É mostrar que a vida tem alternativas, sempre. Se o suicídio sempre foi tratado como tabu, é preciso dizer também que ele sempre esteve presente nas sociedades. E a nossa atual enfrenta uma triste realidade: a desesperança de muitos adolescentes que acabam tirando a própria vida”, explica.

O programa vai ao ar aos domingos, pela TV Cultura, às 19 horas.

Confira as datas das exibições:

09/5: Porque é preciso falar de suicídio, com Neury Botega

16/5: Políticas públicas na prevenção ao suicídio, com José Manoel Bertolote

23/5: Suicídio e comportamento suicida entre jovens, com Berenice Rheinheimer

30/5: Crianças de hoje, diferentes das de antes?, com Leandro de Lajonquière

06/6: Precisamos falar ainda mais sobre suicídio, com Neury Botega e José Manoel Bortolote