Sindicato negocia reajuste salarial para profissionais da Saúde

O Sindicato dos Trabalhadores na Saúde de Jundiaí e Região iniciou a campanha salarial para a categoria. Nesta terça-feira (08) houve ato em frente ao Hospital Paulo Sacramento, do Grupo Notre Dame, na rua 15 de Novembro. Em outros hospitais do município as negociações estão bastante avançadas, informa a vice-presidente, Juliana Rodrigues.

A decisão de fazer o ato em frente ao Hospital Paulo Sacramento foi pelo número de trabalhadores no grupo, que são 1.800 pessoas.

Juliana explicou que houve ato também em Campinas, no mesmo horário, em frente ao Hospital Renascença, que pertence ao Grupo Notre Dame.

Até agora o GND não aceitou o pedido de reajuste dos salários pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), de cerca de 8%. A proposta do grupo tem sido de apenas 2%, segundo a diretoria do Sindicato da Saúde.

No Hospital São Vicente de Paulo e no Hospital Universitário, que são públicos, já houve manifestação das diretorias em pagar os 8% e conceder folga no dia do aniversário do profissional. Tudo encaminha para fechamento de acordo.

Já no Grupo Sobam / Amil as negociações também estão ocorrendo com dificuldades, mas ainda sem um acordo para a categoria.

Na Unimed foi fechado o melhor acordo até agora, com Vale Refeição de R$ 587,00, enquanto no São Vicente é de R$ 250,00.

Durante a tarde desta terça-feira os sindicalistas pretendem distribuir material informativo à população de Jundiaí.

%d blogueiros gostam disto: