Clientes do Maxi Shopping podem fazer compras por site

Com 31 anos de existência e conhecido como um dos mais importantes centros de compras, serviços e lazer da região, o Maxi Shopping Jundiaí adotou, no ano passado, estratégias para viabilizar as vendas na pandemia com os serviços delivery e Retire Aqui. Mas a necessidade de integração dos ambientes on-line e off-line gerou a busca do shopping pelo seu próprio marketplace, com o objetivo de oferecer a seus lojistas mais uma plataforma para incrementar e viabilizar as vendas e, a seus clientes, uma nova opção de compra.

Assim, o Maxi aceitou o desafio de participar de um arrojado projeto de marketplace, juntamente com outros 13 shoppings do País, administrados pelas empresas Lumine Solução em Shopping Center e Terral Shopping Center, acreditando nos benefícios que essa iniciativa, que agora se torna realidade, trará para seus lojistas e clientes.

“Esse modelo de negócio cria oportunidade para lojistas de todos os portes participarem dessa iniciativa digital e ganharem mais um canal de vendas. As expectativas são bastante otimistas, pois já temos a adesão de lojas como Empório Essenza, Extratus da Terra, Império Moleiro, Join Games, Kings Sneakers, Livraria Leitura, LL Indiana, Mytho Ótica, Scavone Casa, Secrets Lounge e Star Acessórios”, afirma André Latorre Noronha, diretor do Maxi Shopping Jundiaí.

O objetivo é promover a convergência entre os ambientes digital e físico, estendendo um atendimento que pode ter início, por exemplo, no marketplace para uma entrega presencial na loja. O propósito é proporcionar ao cliente a possibilidade de liderar a sua própria jornada de compra, podendo escolher de onde, como e quando comprar.

Assim, fazer compras on-line através do marketplace do Maxi Shopping ficou muito fácil. O cliente pode acessar o link www.compras.maxishopping.com.br ou, ainda, entrar no site  www.maxishopping.com.br  e clicar em Compre On-line na tarja que fica na parte superior.

“Com a chegada da pandemia, um novo cenário se apresentou ao varejo e ao ramo de shopping centers. A adaptação, que se fez necessária, criou novas oportunidades tanto para quem vende, quanto para quem compra. No ano passado, mesmo com tantas novidades, o Maxi Shopping se reinventou e ganhou novas e importantes marcas que se somaram ao completo mix já existente. Agora, com a implantação do marketplace e com a experiência adquirida, apostamos num 2021 bastante promissor”, conclui André Latorre Noronha.

 

%d blogueiros gostam disto: