Lázaro é morto pela Polícia de Goiás

Após 20 dias de uma megaoperação, com mais de 270 policiais, Lázaro Barbosa, de 32 anos, foi morto nesta segunda-feira (28), em Goiás.

A informação foi divulgada pelo governador Ronaldo Caiado.

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes na Bahia e em Goiás.

Ele também é acusado da morte de quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.

O governador do Goiás disse que Lázaro enfrentou os policiais e foi baleado. Mesmo socorrido, acabou morrendo devido os ferimentos.

Caiado disse que Lázaro era um psicopata e era fugitivo do sistema penitenciário depois de receber benefício da “saidinha temporária”.

 

%d blogueiros gostam disto: