Incêndio destrói plantações de uva e de caqui em Jundiaí

Um incêndio, que durou cerca de cinco horas, na tarde desta terça-feira (27), entre os bairros dos Fernandes e do Corrupira, em Jundiaí, destruiu plantações de caqui e de uva.

Agricultores do Km 74 da Rodovia Vereador Geraldo Dias relataram ao “Jornal da Região” que passaram o dia combatendo as chamas e por mais de uma hora tentaram falar no 193 do Corpo de Bombeiros. Mas agora as ligações são atendidas por uma central de Campinas e não mais no quartel de Jundiaí.

Sem sucesso na tentativa de pedir socorro para a corporação local, um dos agricultores resolveu pedir ajuda na Defesa Civil de Jundiaí, pelo telefone 199.

Imediatamente a equipe do comandante João Osório Gimenez Germano se deslocou para a região e requisitou apoio do quartel dos Bombeiros de Jundiaí.

As chamas eram tão altas atrás da Fundação Casa, que atingiam as copas das árvores.

Os agricultores estavam desesperados, porque além de tentar proteger suas plantações, também tiveram de evitar que o fogo chegasse nas residências.

A Defesa Civil tem feito alertas diários para agricultores e donos de fazendas da região fazem aceiros, para combater as chamas que acabam passando para florestas e, também pedem para donos de sítios não fazerem limpeza de mato com fogo.

Balões

Nos últimos dias Jundiaí teve dois grandes incêndios provocados por balões. Um deles o “Jornal da Região” mostrou que foi na região do Corrupira, inclusive com foto feita por morador de um grupo que soltou balão no bairro. O outro foi na Fazenda Recreio, na região do Jardim Copacabana, na Serra do Japi. O balão ficou preso nas árvores. Quem souber de grupos que estejam soltando balões pode denunciar no 181.

Além de queimar as plantações, o fogo dessa terça-feira derrubou dois postes da CPFL Piratininga, deixando as casas da região sem energia elétrica.

O dono de uma propriedade às margens da Rodovia Vereador Geraldo Dias já prestou queixa na Polícia Civil duas vezes, denunciando incêndios criminosos. Ele também comunicou o fato ao Ministério Público de Jundiaí.

Outros cinco grandes focos de incêndios ocorreram no bairro do Engordadouro, sendo dois próximos aos condomínios da Construtora Santa Ângela; dois atrás do Condomínio Jatobá e um deles na tarde desta terça-feira atrás do Resort Santa Ângela.

Também foram três incêndios no bairro da Água Doce, próximo ao Posto DeMarchi, em menos de uma semana.

Na segunda-feira outro grande incêndio foi registrado às margens da linha férrea no bairro da Agapeama, fazendo com que moradores deixassem suas casas.

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: