Alunos de Louveira homenageiam coleguinha surda de 8 anos

Alunos do terceiro ano B da Escola Municipal Frederico Pagotto, na região do Santo Antônio, em Louveira, fizeram uma homenagem simples, mas muito emocionante, nesta segunda-feira (27), para a pequena Thays Oliveira, que divide a sala com eles.

A menina, de 8 anos, tem surdez severa desde que nasceu e não ouve quase nada.

Os colegas confeccionaram, com a ajuda de professores, réplicas de aparelhos de implante auditivo, de papelão, para serem usadas durante as aulas nesta segunda-feira.

A ação é uma forma de fazer a coleguinha se sentir incluída e acolhida pela sala, e também marca o Dia Nacional do Surdo, comemorado em 26 de setembro em todo o Brasil.


O pai da menina, Elielson de Oliveira, já tem uma tatuagem com a imagem de um implante auditivo no ouvido esquerdo para mostrar solidariedade à filha.

Thays nasceu com praticamente zero função auditiva nos dois ouvidos. Ela fez uma cirurgia em 2016 para instalação do implante, mas mesmo assim ouve muito pouco.

Hoje, Thays segue as aulas na escola municipal com ajuda da intérprete de libras Tatiane Borssatto, que a Prefeitura de Louveira disponibiliza para acompanhá-la na sala durante todo o tempo. Foi de Tatiane a ideia da homenagem, e foi ela quem coordenou toda a ação.

Louveira possui ainda outros cinco alunos da rede municipal de ensino com alguma deficiência auditiva, mas nenhum dos casos é tão severo quanto o de Thays. Eles não precisam de intérprete de libras, mas são todos monitorados e recebem atenção especial nas salas de aula.

Com informações da Prefeitura de Louveira

%d blogueiros gostam disto: