Operação Noites Frias: balanço aponta aumento em 87% no atendimento

A Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS) apresentou, na tarde dessa terça-feira (28), um balanço da Operação Noites Frias 2021 para a rede socioassistencial envolvida no atendimento à população em situação de rua no Município. Além de quase dobrar a capacidade de atendimento, a Prefeitura investiu metade do aporte em relação ao ano passado, com otimização de recursos e pessoal.

O encontro, realizado na Escola de Gestão Pública (EGP), contou com a participação dos servidores da Unidade, como do Centro Pop; de representantes da Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM) e da Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ), além de representantes das Organizações da Sociedade Civil (OSC) custeadas pela Prefeitura para a prestação dos serviços de abordagem social e acolhimento desse segmento nas modalidades Casa de Passagem, Abrigo e República.

A Operação Noites Frias é acionada sempre que há previsão de temperatura inferior a 13°C, independente do período. Este ano, a operação foi acionada por 48 noites, entre maio e agosto. Nesaas noites, o serviço de busca-ativa, que já é normalmente realizado pelas equipes, recebe reforço de equipes e o número de vagas para acolhimentos também recebe incremento, sem aumento de custo para os cofres públicos, nas OSC parceiras – Casa Santa Marta, Serviço de Obras Sociais (SOS) e Centro Terapêutico Educacional Cristão (CTEC).

“Mais do que uma avaliação, este é o primeiro encontro pensado como uma possibilidade para refletir, avaliar e planejar os próximos desafios. Um deles é o de comunicar à sociedade sobre a importância de que o indivíduo chegue até a rede para que a gente possa trabalhar em todas a suas demandas e no seu plano de saída das ruas. O fornecimento de comida e de esmolas, por exemplo, sempre feito por pessoas bem-intencionadas, traz uma solução muito imediata e pode afastar os atendidos da nossa rede. Isso diminui suas chances de retomada de protagonismo em suas vidas e de saída das ruas. Por isso, é necessário apresentar as ofertas da rede, para que quem quiser ajudar entenda a melhor forma de se unir aos nossos esforços, não atuar de modo paralelo”, apresentou a gestora da UGADS, Maria Brant.

Em 2021, foram abordadas 2.815 pessoas (cerca de 87% a mais que 2020, quando foram abordadas 1.506 pessoas). Foram também realizados 1.808 acolhimentos (também 87% a mais que no ano passado, quando houve 966). Apesar do aumento dos números, os investimentos necessários tiveram redução de R$ 180 mil no ano passado para R$ 90 mil este ano, uma vez que a organização de escalas de funcionários e as vagas disponibilizadas não exigiram a montagem de abrigos emergenciais extras ao longo da operação.

Foram também distribuídos também 4.280 cobertores, além de cerca de 600 pares de meias, 1.600 máscaras e mais de 300 gorros. 2021 foi também o segundo ano de Operação com os cuidados para enfrentamento à pandemia, conforme diretrizes do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus (CEC).

Entre os abordados durante a Operação, mais de 50% estão no Município há menos de um ano – sendo que 30% estão há menos de um mês. Somente 16% são nascidos em Jundiaí. Para os abordados que estão no Município de passagem e aceitam encaminhamento para a origem, é realizado ainda o recâmbio via modais rodoviário e ferroviário. Somente durante os dias de Operação foram realizados 581 recâmbios.

Como motivo de permanência nas ruas, mais de 46% declaram como causa uso de álcool e outras drogas, quase 35% atribuem ao desemprego e 17% desavença familiar.

Representando a Câmara Municipal, o presidente Faouaz Taha reforçou a importância da forma organizada com que a rede atua junto à população em situação de rua. “Gostaria de parabenizar esta rede, por seus esforços e pelo brilhantismo com que vem enfrentando este desafio. Por isso, reforço a importância de que a sociedade conheça o que vocês já fazem e os serviços que vocês já entregam, para que possam somar e caminhar na mesma direção.”

%d blogueiros gostam disto: