Por causa de vandalismo, vacinação na UBS Marajó é transferida de lugar

Por causa do ato de vandalismo na UBS Vila Marajó, em Várzea Paulista, na manhã desta sexta-feira (1º), a programação da vacinação contra Covid-19 no local foi impossibilita e os pacientes devem se dirigir a UBS Vila Popular (Rua Itaoca, 294), das 15 às 18 horas.

A Prefeitura de Várzea Paulista programou o atendimento aos munícipes que participariam do Dia V de vacinação contra a Covid-19 na UBS Marajó, mas o local será transferido devido aos transtornos causados pelos vândalos.

Foram levados da Unidade Básica de Saúde dois computadores, um ventilador e um estabilizador. Os criminosos também quebraram os vidros das janelas e vasculharam a câmara de vacina, espalhando pelo chão seringas já utilizadas.

A UBS Vila Marajó retoma o atendimento normal a população na próxima segunda-feira (04), a partir das 7 horas.

Criminosos presos

GM de Várzea Paulista. (Foto: Divulgação)
GM de Várzea Paulista. (Foto: Divulgação)

A Guarda Civil Municipal de Várzea Paulista agiu rapidamente para solucionar o furto da UBS Vila Marajó, que ocorreu na manhã desta sexta-feira (1º).

Participaram da ação o comandante Dejair Pelini, o subcomandante Eder e o GCM Genoel.

Os meliantes foram capturados, com os objetos do furto, na Vila Santa Catarina e encaminhados para a delegacia de Polícia Civil, para dar andamento ao caso.

%d blogueiros gostam disto: