PM prende tarado se exibindo para criança de 4 anos

Policiais militares do 11º Batalhão de Jundiaí prenderam na noite de segunda-feira (25) em um ponto de ônibus em frente da Igreja Universal, na avenida Dr. Cavalcanti, um homem que estava se masturbando e exibindo o órgão genital para uma menina de apenas 4 anos.

A mãe da criança, ao ver o que ocorria e o homem indo em sua direção, começou a gritar por socorro.

Um ajudante de pedreiro, de 21 anos, que estava próximo, lutou com o tarado e o imobilizou, pedindo para populares ligarem para a Polícia Militar. Ele chegou a ficar ferido na luta.

Quando a viatura da PM chegou ao local, o indivíduo – que não tinha documentos -, passou a ofender os soldados da PM, inclusive com frases discriminatórias e ofensivas.

O tarado foi algemado e como estava com ferimentos causados pela resistência, passou pelo Hospital São Vicente de Paulo onde foi medicado, sedado e algemado junto a uma maca, para não fugir.

O delegado do Plantão da Polícia Civil, Rodrigo Lima Leite Carvalhaes, ao tomar conhecimento dos fatos determinou a prisão do anormal e, assim que receber alta médica será encaminhado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

O delegado também determinou que fosse registrada a queixa de discriminação racial praticada pelo autor contra o soldado da Polícia Militar, além do indiciamento por importunação sexual.

Um policial teve de ficar no hospital, como ‘escolta’, até que o indivíduo volte ao normal, para a transferência até a cadeia.

O doutor Rodrigo pediu à Justiça a Prisão Preventiva do autor, pelos riscos que oferece à sociedade, inclusive ameaçando as vítimas.

 

%d blogueiros gostam disto: