Jundiaí incentiva inclusão das pessoas em situação de rua nos serviços disponíveis

A Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS) lançou a campanha “Menos Esmola Mais Dignidade”, que tem por objetivos incentivar a inclusão das pessoas em situação de rua nos serviços oferecidos pela rede socioassistencial e conscientizar a população em geral sobre o tema.

“Queremos que a população conheça os serviços da ‘Rede Pop Rua’, como é carinhosamente chamada a rede de serviços estruturada no Município. Não se trata de uma campanha impositiva, mas de reflexão, uma vez que a solução imediata da esmola afasta o usuário dos serviços que oferecemos. Além dos cuidados básicos de garantia de sobrevivência, como alimentação, abrigo e higiene, o foco principal do trabalho é identificar as demandas individuais e construir um plano técnico para a saída das ruas. E isso só acontece quando o indivíduo retoma seu protagonismo de vida, algo que a esmola afasta”, explica a gestora da UGADS, Maria Brant, a proposta

A porta de entrada e serviço de referência da rede é o Centro Pop, que fica na rua Marechal Deodoro da Fonseca, 504, Centro. Após o atendimento no Centro Pop, os técnicos da rede podem fazer os encaminhamentos para pernoite nos abrigos de serviços prestados em Organizações da Sociedade Civil (OSC), das quais a Prefeitura compra vagas.

São estes os serviços tipificados pelo Sistema Único de Assistência Social (SUAS): a Casa de Passagem, para acolhimento e pernoites em período de curta duração, atualmente prestado pela organização Serviço de Obras Sociais (SOS); os Abrigos, serviço prestado para acolhimento de duração estendida, atualmente prestado pelas organizações Casa Santa Marta e Centro Terapêutico Educacional Cristão (CTEC); e o serviço de República, atualmente também prestado pela organização Casa Santa Marta, mas cuja gestão e encargos são compartilhados com os acolhidos, em processo gradual de autonomia para saída das ruas.


A UGADS oferece ainda o Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS), atualmente também prestado pela OSC SOS. As equipes do SEAS realizam a busca ativa em pontos onde há maior concentração de pessoas em situação de rua, direcionando-as aos equipamentos responsáveis. O SEAS é realizado diariamente, mas ganha reforço de equipes próprias e do Centro Pop quando é acionada a Operação Noites Frias, quando há previsão de temperatura inferiores a 13°C no período noturno.

Orientações
Toda vez que alguém identificar pessoa em situação de rua solicitando ajuda financeira ou apoio, a orientação da campanha “Menos Esmola Mais Dignidade” é que ela seja direcionada para o Centro Pop. Já durante a noite, até as 22h, indica-se que seja feito contato com o SEAS pelo telefone (11) 98531-0146. Após esse horário, o telefone indicado é o 153 da Guarda Municipal de Jundiaí. Já em casos em que for identificada intoxicação ou ocorrências mais graves, o SAMU poderá ser acionado pelo telefone 192.

%d blogueiros gostam disto: