Mãe reconhece corpo do filho desaparecido no IML

Uma moradora da cidade de Caieiras reconheceu, na tarde desta sexta-feira (12), no Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí, o corpo do próprio filho de 21 anos, que estava desaparecido.

A mulher já tinha procurado o filho em hospitais, na casa de amigos, em várias cidades e em todos os lugares por onde ele já tinha ido.

Curiosamente durante pesquisa na Internet, pelo nome do filho, encontrou a notícia do “Jornal da Região” sobre a morte do jovem e veio para Jundiaí, onde fez o reconhecimento do corpo no IML.

Como foi


No dia 7 de outubro o “Jornal da Região” publicou sobre a morte do rapaz, que ocorreu de forma trágica na Via Anhanguera, no trevo com a Rodovia Bispo Dom Gabriel Paulino Bueno Couto.

O jovem pulou do viaduto em frente de um ônibus, sendo atropelado em seguida.

A Polícia Rodoviária registrou boletim de ocorrência. Após o registro dos fatos, a Polícia Civil não tinha conseguido localizar familiares.

A mãe comentou que agora vai poder descansar das buscas, apesar da notícia triste.

Como a família não tem condições financeiras para bancar o sepultamento e, ele vivia nas ruas de Jundiaí, a Fundação Municipal de Ação Social (FUMAS) da Prefeitura vai realizar todos os serviços necessários.

O jovem Gabriel da Silva Hilário, de 21 anos, será sepultado no Cemitério do Montenegro, na manhã deste sábado (13).

%d blogueiros gostam disto: