Dois motoristas atropelam motos de motoboys em Campinas

FÁBIO PESCARINI

(FOLHAPRESS) – Uma discussão de trânsito no domingo (15), em Campinas, terminou na Polícia, após agressões, tentativas de atropelamentos, atropelamento, veículos batidos, troca de socos e uma pessoa hospitalizada.

A violência, na região do bairro nobre do Taquaral, foi registrada pela motorista de um outro carro, em vídeo gravado pelo celular e que se espalhou pelas redes sociais.

Nas imagens, o condutor de um Mitsubishi Pajero está parado na avenida Padre Almeida Garrete, esquina com a rua Fernão Lopes, no Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, e discute com um motociclista com mochila de entregador nas costas ao seu lado.


Segundo mostra o vídeo, o motociclista bate com seu capacete no interior do veículo, onde está o motorista, e vai com a moto para cima de uma calçada e desce.

Por pouco ele não é atingido quando o condutor do utilitário sobe em cima da motocicleta.

A moto volta a ser atingida pelo Pajero branco, quando o motoboy a levanta e tenta pará-la na rua.

Parte do para-choque do utilitário acabou quebrado e ficou pendurado.

Em fúria, o motorista manobra o veículo e quase atropela o motoboy e acaba batendo em algo próximo a uma árvore, que não é nítido na gravação.

Em marcha à ré, ele tenta atropelar o piloto da moto mais uma vez, dá uma volta na rua e desce do veículo.

Os dois trocam socos até a chegada de um outro motoboy, quando finalmente o condutor foge com o Pajero.

Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), a violência ocorreu por volta das 15h deste domingo.


 

Perseguição

Outro motoboy perseguiu o motorista da Pajero até a casa dele. Quando desceu do carro, foi questionado sobre o ocorrido.

O homem, enfurecido, voltou para a Pajero e tentou atropelar esse motoboy. Segundo o rapaz foram cinco as tentativas de acertá-lo.

Um outro motorista de Hilux também passou a persegui-lo e atingiu um motoboy que fazia entregas e não tinha nada a ver com a confusão.

O motoboy atingido pela Hilux é Rafael Sampaio Ferraz, de 36 anos, que já passou por quatro cirurgias e talvez tenha de passar por mais duas.

De acordo com a pasta, o motoboy, de 36 anos, ficou ferido e precisou ser socorrido pelo resgate dos bombeiros ao pronto-socorro da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, duas mulheres tiveram seus veículos danificados.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio e dano pelo delegado José Carlos Fernandes, do plantão do 4º Distrito Policial de Campinas, que solicitou perícia aos institutos Médico Legal e de Criminalística.

Um dos motoristas já foi identificado. O outro está sendo procurado.

%d blogueiros gostam disto: