Centenas de pessoas esperam Caravana da Coca-Cola na Avenida Jundiaí

Centenas de pessoas se aglomeraram na Avenida Jundiaí, em Jundiaí, na noite desta quarta-feira (24) para esperar a Caravana de Natal da empresa Coca-Cola. Teve pai que levou os filhos pequenos às 18 horas para a frente do Parque da Uva, para garantir que iria ver os caminhões iluminados.

A Coca-Cola proibiu funcionários da Prefeitura de Jundiaí de divulgarem o roteiro da Caravana – ao contrário do que ocorreu com o prefeito de Itupeva, Marcão Marchi, que liberou todas as informações para a Imprensa e a população pode apreciar a apresentação na noite de terça-feira (23).

Por volta das 19 horas desta quarta os caminhões deixaram a fábrica no Parque Eloy Chaves, em Jundiaí, seguindo para o Jardim Novo Horizonte.

Até os funcionários da fábrica foram ameaçados de demissão se divulgassem o roteiro, porque a empresa queria manter segredo.

Um dos pais, Orlando Mendes, disse que foi falta de consideração com a população. Ele disse que nunca mais vai para a avenida “perder tempo e os filhos ficaram frustrados”.

Uma outra mãe comentou que as crianças estavam passando fome e sede.

Uma comerciante contou que houve pai que pediu para deixar os filhos usarem banheiro de seu comércio.

Elizangela Camilo comentou que a “Caravana deixou de ser alegria para virar pesadelo”.

O motoboy Xororó ouviu muitas reclamações dos pais no Parque da Uva, por causa da “falta de informações”.

A cada ano que passa o evento da Coca-Cola tem trazido mais chateação do que alegria para os jundiaienses.

Em um dos anos a empresa chegou com os caminhões por volta das 22 horas no Centro, quando as lojas já estavam fechadas.

Em outro ano não passou no bairro do Eloy Chaves, onde fica a sua sede, provocando até choros em crianças que esperaram desde 19 horas até 23 horas.

 

%d blogueiros gostam disto: