DIG e CPFL fazem Operação “Gato” em Jundiaí

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí e a CPFL Piratininga iniciaram na manhã desta quarta-feira (01) a “Operação Gato”, em busca de ligações clandestinas em condomínios da cidade.

Só no Residencial Tupi, na região do Jardim Tamoio foram apuradas 11 denúncias, sendo que em sete residências os eletricistas da CPFL constataram que havia ligações clandestinas.

Os donos desses sete imóveis foram conduzidos até a sede da Delegacia no bairro do Anhangabaú e indiciados em flagrante pelo crime de furto. Além de terem prisão decretada vão responder processo na Justiça e terão de pagar as contas não recolhidas para a CPFL.

Segundo um eletricista ouvido pelo “Jornal da Região” os vizinhos devem colaborar denunciando quem faz “gato” na rede de energia, porque o condomínio pode ter consequências graves, como utilização de materiais de baixa qualidade que podem sobrecarregar a rede interna e provocar até incêndio. Tudo precisa ser dentro dos padrões. Qualquer irregularidade pode provocar até um incêndio que causaria problemas à vida e aos moradores.


A operação vai continuar em outros condomínios da cidade.

Para denúncias ligue no telefone 181 ou no 0800 da CPFL.

%d blogueiros gostam disto: