Gestora de Segurança diz que não vai admitir corrupção na Guarda

O GAECO – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, do Ministério Público do Estado de São Paulo realiza na manhã desta sexta-feira (10) a “Operação Farda Azul” nas guardas da região de Jundiaí, com apoio da Rondas Ostensivas Tobais Aguiar (ROTA) e CHOQUE. Pelo menos dois guardas foram conduzidos ao Plantão da Polícia Civil.

A gestora de Segurança Pública da Prefeitura de Jundiaí, Carla Basson, disse ao “Jornal da Região” que apoia a operação.

“Trabalhamos com transparência e legalidade. Não admitimos corrupção e nem desvios de condutas”, disse.

Um guarda municipal comentou com o jornal que “Graças a Deus apareceram os promotores, para permitir quem trabalha honestamente que continue na Guarda”.

Viaturas saíram da Guarda e foram até a Delegacia Seccional de Polícia Civil, transportando materiais e dois detidos.

“Nosso trabalho é sério, honesto e eficaz. Não aceitaremos ações e atitudes criminosas aqui dentro”, comentou a gestora de Segurança.

“Tudo será apurado. Sempre estaremos fiscalizando e coibindo a corrupção”, completou.

A Operação prossegue nas guardas de Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista.

O Ministério Público vai se pronunciar sobre o assunto no período da tarde, quando os trabalhos forem concluídos.

Nota da Prefeitura

A Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM) informa que a Guarda Municipal de Jundiaí tem sua atuação pautada pelos princípios da legalidade e da transparência. Desta forma, acompanha, juntamente com o Ministério Público, as ações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) e Choque realizadas nesta manhã.

Além da investigação realizada pelas corporações, a Corregedoria da GMJ atuará nos casos para a apuração de respondabilidades e punições cabíveis.

A UGSM reforça a posição de não compactuar com atuação ou comportamento que não sejam dedicados à proteção do patrimônio público e dos munícipes.

 

GAECO faz “Operação Farda Azul” na região de Jundiaí

 

%d blogueiros gostam disto: