Janeiro Branco destaca cuidados com a saúde mental e emocional

Jundiaí leva consigo a importância de uma atenção completa da população em saúde mental e oferta uma rede de atendimento com a máxima prontidão: a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), por meio da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), está preparada para oferecer um atendimento de qualidade aos munícipes. Pela campanha nacional “Janeiro Branco”, é importante ressaltar o tema e compreender que buscar o autocuidado é fundamental na manutenção da qualidade de vida. No ano de 2021, a RAPS teve um aumento de 19% nos atendimentos voltados aos casos de depressão e ansiedade.

Os munícipes não devem hesitar ao perceber os sinais para buscar auxílio. A RAPS tem atendimento completo para a população, que ocorre por livre demanda, sem a necessidade de encaminhamento ou agendamento prévios e é composta por serviços que garantem cuidado à saúde mental em seus diferentes níveis (Atenção Básica, Atenção Especializada e Hospitalar). No total, em 2021, foram realizados 74.911 atendimentos à questões de saúde mental, nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e serviços da Atenção Básica.

Alexandre Moreno Sandri, Coordenador de Saúde Mental, explica que é importante considerar que os cuidados vão muito além do atendimento em saúde, propriamente dito. “Existem diversos fatores, relacionados aos hábitos de vida, em que o indivíduo pode investir: vínculos sociais significativos, a realização de atividades prazerosas, a prática de exercícios físicos, o acesso à cultura e lazer, o contato com a natureza e o autoconhecimento”, disse.

O “Janeiro Branco” busca conscientizar a população sobre a importância do cuidado em saúde mental, visto que as práticas de promoção e prevenção em saúde são sempre mais efetivas. “Ao perceber alguma dificuldade que gere uma necessidade de avaliação, recomendamos procurar diretamente a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência ou, nos casos de maior gravidade, o CAPS de referência para o seu território, nos dias úteis, das 8h às 16h”, explica Alexandre.


A RAPS de Jundiaí está organizada a partir de ofertas aos diferentes graus de complexidade. Na Atenção Básica, a oferta de cuidado se dá nas 35 UBSs, apoiadas por oito equipes de Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF). Estas equipes contam com psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, médicos psiquiatras, educadores físicos, fisioterapeutas e nutricionistas, que prestam atendimento em conjunto com as UBSs, assim, cuidando das pessoas com sofrimento psíquico leve e moderado.

Já na Atenção Especializada, Jundiaí conta com quatro CAPS – sendo dois destinados ao atendimento de adultos (CAPS II e CAPS III), um infanto-juvenil (CAPS IJ) e um álcool e drogas (CAPS AD III) – e com a Enfermaria de Retaguarda em Saúde Mental no Hospital São Vicente de Paulo, voltada para as situações de agravamento da crise psíquica. O município conta, ainda, com uma equipe de Consultório na Rua, um Centro de Convivência (CECCO), duas Unidades de Acolhimento (UAs) e dois Serviços Residenciais Terapêuticos (SRTs).

Equipe do Consultório de Rua oferece serviços de ótima qualidade, são eles: enfermeiros, médicos (clínicos e psiquiatras), agente social de saúde e psicólogo
À medida que a pessoa identifica sensações como tristeza recorrente, desânimo, sensação de apreensão, medos recorrentes, que se prolongam durante certo tempo e trazem prejuízos à vida cotidiana, é recomendado buscar pela avaliação de um profissional de saúde, que o auxiliará a compreender seu sofrimento e o conduzirá pelo tratamento mais adequado.

É importante lembrar que o cuidado em saúde mental demanda intervenções múltiplas e pode ser ofertado por um conjunto de práticas, tais como a escuta acolhedora ao sofrimento psíquico, as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (auriculoterapia, práticas meditativas, fitoterapia, relaxamento guiado, entre outros), atividades de convivência, atividades físicas, ações de geração de trabalho e renda, além de acompanhamento terapêutico especializado.

%d blogueiros gostam disto: