Jundiaí tem aumento de 113% no número de doentes

Todos os prontos-socorros de Jundiaí e região apresentaram aumento significativo no número de pacientes, com síndromes gripais. Na manhã desta terça-feira (11) o “Jornal da Região” recebeu queixas da demora nos Pronto-Atendimentos (PAs) do Vetor Oeste, da Vila Hortolândia, da Unimed e da Sobam. Segundo a Prefeitura de Jundiaí, a Saúde Pública registrou aumento de 113% nos casos gripais em relação ao mês de março do ano passado, quando foi o maior pico. Já nos casos de Covid houve aumento de 38% em relação à semana passada.

O prefeito Luiz Fernando Machado tem se reunido com os diretores da Saúde e avaliado diariamente as ações que devem ser feitas, para tentar minimizar os problemas. Ele diz que é fundamental a população tomar as vacinas – Jundiaí tem cerca de 100 mil pessoas com doses atrasadas. Também orienta todos a continuarem usando máscaras e a evitar aglomerações.

A diretora da Saúde, Dayane Martins, gravou um vídeo apresentado pelo “Jornal da Região”, em que dá dicas para quem tem sintomas gripais e diz que só devem procurar os postos quem está muito doente e com falta de ar.

A leitora Janaina Sousa Ramos enviou foto da situação do Pronto Atendimento da Vila Hortolândia, onde não cabem mais pacientes e a fila de espera está na rua. É o mesmo caso do PA da Unimed e no atendimento da Sobam.

O PA da Vila Hortolândia na tarde desta terça-feira (11). Foto da leitora Andreia

 

%d blogueiros gostam disto: