JUNDIAÍ

Maio Amarelo terá abordagens educativas e palestras durante todo o mês

A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT), dá início, este mês, a uma programação dedicada ao Movimento Maio Amarelo – com o tema “Juntos Salvamos Vidas”. O objetivo é ampliar a conscientização do motorista e a discussão sobre segurança no trânsito. A programação inclui palestras em escolas municipais, em empresas e abordagens educativas ao cidadão com informações, entrega de laços amarelos e a presença do mascote da UGMT, o Vaguinho.

A abertura, na próxima segunda-feira (2), contará com uma visita dos alunos da EMEB Flávio D’angieri ao Paço Municipal, a partir das 9h, onde eles serão recebidos pelo prefeito Luiz Fernando Machado. Em seguida, esses alunos seguem para o Mundo das Crianças, onde assistem a uma palestra educativa.

Agente de trânsito, vestindo camisa amarela e calça preta, cumprimenta um estudante na frente de uma escola municipal
Agente de trânsito cumprimenta aluno de escola municipal de Jundiaí; Maio Amarelo leva palestras às escolas
“Além de ser um momento de reflexão sobre a paz no trânsito, o Maio Amarelo chega aos motoristas e pedestres por meio de um mês todo com ações de conscientização, para todas as idades”, informa o prefeito Luiz Fernando. “Em Jundiaí, entendemos que é preciso pensar a mobilidade com ações a curto, médio e longo prazo e, por isso, desenvolvemos o Plano de Mobilidade Urbana, um documento que irá nos orientar sobre os investimentos que faremos no futuro, com mais espaços para caminhabilidade, ciclorrotas e rotas alternativas para veículos, incluindo para o transporte coletivo.”

Durante o Maio Amarelo, serão realizadas aos finais de semana abordagens educativas no interior do Maxi Shopping e do Jundiaí Shopping, além de abordagens em espaços urbanos de grande movimentação de veículos – sempre com o intuito de levar informação e com a presença do mascote. As palestras em empresas e escolas ocorrerão durante a semana. O trabalho em Jundiaí conta com o apoio da Unidade de Gestão de Educação e de diferentes forças de segurança, como a Guarda Municipal, a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros, além das concessionárias que administram as rodovias que passam pelo município.

O gestor de Mobilidade e Transporte, Aloysio Queiroz, lembra que Jundiaí, desde o ano passado, fez a adesão ao programa Laço Amarelo, desenvolvido pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, organização social nascida há dez anos e idealizadora da campanha Maio Amarelo. “Sempre defendi que a fiscalização de trânsito tem de ocorrer junto às ações de conscientização e, nesse sentido, o Maio Amarelo é um momento muito oportuno para fazermos essa discussão”, declara Aloysio. “E levar esse trabalho não somente ao adulto, mas também às crianças, é enriquecedor, uma vez que elas são multiplicadoras da boa informação.”

Confira AQUI a programação completa do Maio Amarelo.