Motoboy prendeu ladrão com um “mata-leão”

O motoboy que prendeu um ladrão de mochila de uma passageira de ônibus de Jundiaí disse que ao perceber o pedido de socorro da vítima, não pensou duas vezes e seguiu o assaltante com a sua moto, conseguindo prendê-lo com um “mata-leão”.

O rapaz disse que estava em sua última entrega quando viu a jovem de 20 anos gritando que tinha sido roubada.

Ele conta que perguntou para uma das vítimas, um homem que também tinha sido assaltado, se queria ir na garupa de sua moto. Mas com a recusa, foi sozinho atrás do ladrão.

Na rua Prudente de Moraes, ele viu que os assaltantes se separaram. Mas ele foi atrás do que estava com a mochila da jovem. Na mochila estava o telefone celular da vítima, avaliado em quase R$ 2 mil.

O motoboy disse ao delegado Rodrigo Lima Leite Carvalhaes que questionou o ladrão sobre a mochila e ele disse que era sua. Mas a moça já tinha contado que tinha sido roubada.

O motoboy disse que o ladrão passou a tentar agredí-lo com socos, mas foi mais rápido e deu um “mata-leão” no marginal de 28 anos.

Em seguida populares viram a confusão e chamaram a Polícia Militar. O motoboy contou que a viatura chegou rapidamente, algemou o ladrão e daí a vítima apareceu e reconheceu os seus pertences. Ela elogiou o motoboy.

O outro ladrão que fez arrastão em ponto de ônibus da Avenida Dr. Cavalcante era um homem barbudo, que vestia camiseta regata, estava de bermuda preta e chinelo.

O motoboy disse que não se feriu na ação. Que apenas reagiu como um cidadão de bem que quis ajudar a vítima.

O delegado Rodrigo Carvalhaes pediu à Justiça que mantenha o ladrão preso, por representar perigo à sociedade e agiu com dolo, nos roubos aos passageiros que estavam no ponto, mediante ameaça com faca.

O preso foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde vai aguardar decisão da Justiça.

O delegado ressaltou que o autor ainda tentou ferir a vítima com golpe de faca, na hora do roubo, considerando grave a ação.

%d blogueiros gostam disto: