Mulheres brigam pela guarda de 12 cachorros

O delegado do 1º Distrito Policial de Jundiaí, Marco Antônio Ferreira Lopes, vai intimar duas cuidadoras de animais da cidade, para prestarem depoimentos na delegacia da Avenida Nove de Julho. Uma prestou queixa contra a outra e, as duas brigam pela guarda de 12 cachorros.

A primeira mulher relata, em boletim de ocorrência feito por meio da Delegacia Eletrônica, que é cuidadora há muitos anos e, como estava de mudança para a Vila Municipal, pediu para uma amiga se podia abrigar 12 cachorros até encontrar um lugar adequado.

Ela relatou que comprou telas, telhas, remédios e comida para a amiga cuidar dos cachorros nessa fase de transição.

Ocorre que ao tentar reaver os cachorros foi impedida pela amiga, que prometeu processá-la.

Ao mesmo tempo, a segunda cuidadora procurou também a Polícia Civil e denunciou a amiga por Maus Tratos, alegando que os cachorros foram entregues para ela “doentes e machucados”.

Ela disse na Delegacia de Polícia, durante a elaboração do Boletim de Ocorrência, que a outra cuidadora é “acumuladora de animais (teria 40 na casa nova) e que, quando pessoas a procuram para doar os bichos, ela acaba obstando as doações em vez de facilitar a ida desses animais para outros lares”.

O delegado Marco Antônio Ferreira Lopes disse ao “Jornal da Região” que já despachou os dois boletins de ocorrências feitos pelas cuidadoras.

Agora o delegado vai intimar as duas cuidadoras, para prestarem depoimento.

Ao final dos interrogatórios, o caso vai ser encaminhado para a Justiça de Jundiaí decidir com quem ficam os 12 cachorros.

A atual cuidadora disse na Polícia Civil de Jundiaí que não deixa a cuidadora antiga entrar na sua casa, para retirar os cachorros e ela está cuidando bem dos cachorros.

%d blogueiros gostam disto: