Teatro do Clube do Bem-te-vi anima e leva educação de trânsito a alunos

Esta terça-feira (28) foi bastante musical e animada para alunos do Ensino Fundamental do Cemeb São Miguel Arcanjo (Jardim América IV): o dia foi de apresentações do Clube do Bem-te-vi (conduzido pela Polícia Militar de São Paulo e o Detran) na escola municipal. O teatro de fantoches levou a mais de 600 crianças, seus professores e equipe gestora da escola muita informação importante sobre trânsito, de forma bastante interativa e musical e com a presença de várias autoridades municipais. O objetivo da iniciativa, fruto de uma parceria entre a PM, Detran-SP e as Unidades Gestoras Municipais de Trânsito e Educação de Várzea Paulista, é conscientizar as crianças e torná-las multiplicadoras das dicas de trânsito ensinadas.

Ao longo da história, diversos personagens, como os policiais de trânsito, a “faixa de pedestres” e o travesso Marcelinho, dão orientações como não soltar pipa no meio da rua, não usar cerol, não dirigir falando ao celular, entre outras. As crianças são estimuladas a participar o tempo todo, gerando uma interatividade bastante produtiva para manter a atenção delas e gerar o conhecimento pretendido.

O prefeito de Várzea Paulista, professor Rodolfo Braga, participou da interação com as crianças durante a tarde, fazendo perguntas, inclusive sobre os significados das cores do semáforo. Após o teatro, ele destacou que os pequenos podem contar com a Polícia Militar. “Esses policiais são seus novos amigos. A Prefeitura fez um convênio recente com o Batalhão de nossa cidade, para que eles possam nos auxiliar no trânsito, e uma notícia da qual vocês vão gostar: no dia 1º de julho, será inaugurado o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar aqui no município”, disse às crianças.

“Quero mais uma vez agradecer à Polícia Militar por mostrar a vocês que eles são amigos e estão aqui para socorrê-los, ajudá-los e orientá-los. Muito obrigado novamente à PM, Detran e Unidade de Trânsito, que estão sempre trabalhando com excelência em nossa cidade! Agradeço novamente ao cabo João Carlos, que vai se aposentar, mas não nos deixará, visitará Várzea Paulista e com certeza nos deixará muita saudade. Obrigado, professores, pelo trabalho, que é feito com a maior matéria-prima do mundo: o desenvolvimento da capacidade de pensar! Nossa administração quer valorizá-los também”, finalizou o mandatário.

O cabo João Carlos, participante do Clube do Bem-te-vi há 20 anos, vai se aposentar na próxima sexta-feira (1º), após 26 anos de carreira pela Polícia Militar de São Paulo. Nessa longa janela dentro do programa de educação no trânsito, pode estar nas apresentações feitas em Várzea Paulista, que começou a receber a peça em 2013.

A diretora da escola, Denise Aparecida Souza, o gestor municipal de Trânsito, Marco Bueno, a diretora municipal de Projetos Educacionais Especiais, Vani de Paula, o gestor executivo municipal de Trânsito, Oseas Martins, e o comandante da GCM (Guarda Civil Municipal), Dejair Pellini, e o diretor de Eventos da Prefeitura, Jota Moreira, estiveram entre as autoridades municipais presentes na apresentação do período da tarde.

Programação
No Maio Amarelo, a peça do Bem-te-vi foi recebida pela escola Anísio Teixeira (Jardim América II), no dia 30 de maio e, desde o dia 20 de junho, o Clube do Bem-te-vi tem se apresentado em outras escolas municipais — seis já foram contempladas: Manoel Caetano de Almeida (Residencial Alexandria), Padre Wilfrido Wieneke (Residencial Aimoré), Prefeito João Aprillanti (Vila Santa Terezinha), Professor Carlos de Almeida (Jardim Promeca), Professor Oswaldo Pires (Vila Tupi) e São Miguel Arcanjo; outras duas vão receber o espetáculo: Erich Becker (Cidade Nova II), nesta quarta-feira (29), e, na sexta-feira (1º), a Professora Palmyra Aurora D’Almeida Rinaldi (Parque Guarani).

Ao final de todas essas apresentações nas nove escolas, mais de 2 mil alunos terão curtido o teatro de fantoches do programa.

%d blogueiros gostam disto: