Motorista é indiciado por embriaguez. Fiança é de R$ 8 mil

O delegado do Plantão Policial de Jundiaí, Rodrigo Lima Leite Carvalhaes, determinou o indiciamento de um motorista por embriaguez ao volante, depois de ter causado acidente de trânsito na Via Anhanguera. Ele fixou fiança de R$ 8 mil que foi paga pelo causador do acidente.

Como foi

O motorista de um Corsa, com placas de Louveira, de 34 anos, bateu na traseira de um outro Corsa, com placas de São Paulo.

O acidente foi no Km 66 da Anhanguera, no bairro dos Fernandes, na pista sentido da Capital, na madrugada desta sexta-feira (01).

Bêbado

Quando os policiais rodoviários chegaram ao local constataram que o motorista de 34 anos estava com fala pastosa, com sinais de embriaguez.

Ele se recusou em fazer teste de bafômetro, sendo autuado por embriaguez.

O outro Corsa, com placas da Capital, tombou após a colisão.

O motorista, de 56 anos, estava desacordado.

Ele foi socorrido por equipes da AutoBAn, com fratura exposta na perna, ao Hospital São Vicente de Paulo.

Fiança de R$ 8 mil

O causador do acidente foi levado ao Plantão da Polícia Civil.

O delegado Rodrigo requisitou a presença de um médico legista para comprovar a embriaguez do motorista detido pelos rodoviários.

Após a confirmação, o delegado determinou a prisão do motorista de 34 anos.

Ele pagou fiança de R$ 8 mil em dinheiro, para poder responder processo em liberdade. O causador do acidente recebe salário mensal de R$ 3 mil.

O dinheiro fica depositado em juízo, que poderá ser destinado pela Justiça para pagamento das despesas médicas da vítima ou futuras indenizações.

O indiciado admitiu para os policiais que participou de um “esquenta” em Louveira, antes de pegar a rodovia.

O estado de saúde da vítima só é informado pelo hospital aos familiares.

%d blogueiros gostam disto: