Guarda recupera moto de R$ 8 mil que seria vendida por R$ 800,00

Guardas municipais de Jundiaí recuperaram, nesta segunda-feira (04), uma moto Honda CG, avaliada em R$ 8 mil que o ladrão levou para revender no Jardim São Camilo por apenas R$ 800,00.

A vítima relatou que parou no bairro do Vianelo e como pretendia retornar em questão de segundos, deixou a chave no contato.

Já o ladrão, de 34 anos, disse que já dirigiu algumas vezes e tem experiência no trânsito. Ao ver a chave no contato, montou na moto e fugiu.

A vítima ligou para o telefone 153. Por meio de buscas os guardas municipais avistaram a moto seguindo pela Rodovia Engenheiro Constâncio Cintra.

Na avenida Idalina Gonçalves Dias, no Jardim São Camilo, os guardas avistaram a moto com o ladrão, que recebeu voz de prisão.

O comprador que pagaria R$ 800,00 pela moto teve a “sorte” da Guarda aparecer, porque do contrário ele é quem seria preso como receptador.

Na Delegacia de Polícia Civil o ladrão contou ao delegado Rodrigo Lima Leite Carvalhaes que já teve uma boa vida e era honesto.

Um dia um amigo lhe ofereceu para experimentar crack, falando que “era bom”. Mas depois disso nunca mais conseguiu se libertar do vício.

O ladrão da moto contou que depois de virar viciado, chegou a “trabalhar” para traficantes em Jundiaí, chegando a faturar até R$ 4 mil por mês.

Porém, foi preso duas vezes por tráfico e daí a sua vida ficou bastante complicada.

Ele disse que rouba tudo o que pode na cidade, para sustentar o vício. Com o dinheiro que ganharia com a venda da moto iria comprar drogas.

O delegado determinou a prisão em flagrante do autor, com o encaminhamento dele para a Cadeia de Campo Limpo Paulista, onde vai aguardar decisão da Justiça.

Sem comida

O preso contou ao delegado do Plantão Policial na noite desta segunda-feira que estava há três dias sem comer. Mas os guardas municipais foram bonzinhos, oferecendo comida e água.

Durante o interrogatório o preso afirmou que os guardas municipais o trataram bem.

%d blogueiros gostam disto: