“Desaparecido” ficou sem bateria no celular e se apresenta na DIG de Jundiaí

O morador de Cabreúva, que foi considerado desaparecido, porque os familiares não conseguiam contato com ele, depois de levar o pai para atendimento médico no Hospital São Vicente de Paulo apareceu.

Ele explicou aos policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí que ficou sem bateria no celular e os familiares não conseguiram contato com ele.

O delegado Josias Guimarães, da DIG, já havia mobilizado uma equipe para apurar o desaparecimento, inclusive do carro, um Corolla.

Na tarde desta quarta-feira (13) o morador de Cabreúva ficou de comparecer na DIG para esclarecer tudo pessoalmente e dar baixa nos registros da Polícia Civil, que bloquearam o carro e os documentos dele.

 

 

%d blogueiros gostam disto: