Prefeitura e PM assinam convênio para aumentar a segurança no trânsito

A Prefeitura de Jundiaí e a Polícia Militar (PM) firmaram parceria, seguindo as diretrizes do Maio Amarelo, com foco em ações conjuntas para redução de acidentes e fatalidades no trânsito.

“É certo que grande parte das mortes no trânsito podem ser evitadas com um bom comportamento dos motoristas. Neste sentido, a parceria técnica vai resultar em programas e políticas de trânsito mais eficientes, que beneficiam a mobilidade segura e o respeito à vida dos condutores e pedestres”, afirmou Luiz Fernando.

A medida formalizada com a PM some-se a outra ação de segurança viária, desenvolvida em parceria com Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), que assegurou, recentemente, investimentos de R$ 5 milhões para implantação de redutores de velocidade e equipamentos que promovem maior segurança viária. Além disso, a Prefeitura está aplicando R$ 10 milhões em ações de sinalização de trânsito e segurança viária, que reforçam o compromisso de redução de acidentes no trânsito e que aumentam a proteção aos pedestres.

Também presente à reunião, o gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi ressaltou que tais investimentos fortalecem a política pública de trânsito e mobilidade e servem para responder às questões que são objeto de avaliação de diversos rankings que medem a qualidade de vida e os serviços públicos, como é o caso do segundo lugar alcançado recentemente no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-Br). “Somos uma cidade com visão de futuro, por isso a mobilidade sustentável e o planejamento seguro do trânsito também norteiam as nossas políticas públicas”, destacou o gestor.

“Em 2022 registramos um aumento na circulação tanto de pedestres quanto de motoristas, por conta da volta das atividades. Com isso, também houve aumento nos acidentes e nas multas, as pessoas têm cometido mais infrações. Esse convênio visa agregar forças e também melhorar a segurança pública através de ações no trânsito”, comenta o gestor da UGMT, Aloysio Queiroz.

“Essa parceria entre Prefeitura e PM já acontece há anos, e esta oficialização é mais uma ferramenta cujo objetivo principal é salvar vidas e agora a PM será mais atuante no município”, comenta o Tenente Coronel Rocha, comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar.

A fiscalização das infrações de trânsito será feita durante a escala normal de patrulhamento ostensivo/preventivo, ou se necessário em escalas e operações especiais, mediante planejamento próprio, sob responsabilidade do Comando da Unidade PM envolvida.

%d blogueiros gostam disto: