Começa a obra da nova ponte do Marchetti

A Secretaria de Obras de Campo Limpo Paulista liberou essa semana a ordem de serviço para início da construção da nova ponte do Jardim Marchetti – ligação entre o bairro e o São José. A construção já teve início na terça (20) e o projeto prevê para o local uma ponte metálica de cerca de 17 metros, com reforço estrutural para garantir a durabilidade. “Essa é uma das muitas obras de recuperação após as chuvas do início deste ano, obras importantes para a Prefeitura e para a comunidade”, fala o vice-prefeito Paulo Fávaro.

A instalação dos gabiões, em execução, vão garantir a base de sustentação e, o mais importante, proteger as margens do Rio Jundiaí, evitando a erosão. Paulo Fávaro fez questão de lembrar que “esse é o primeiro projeto de recuperação da ponte do Marchetti que ainda vai receber melhorias no acesso como iluminação e paisagismo”.

O secretário de Obras Cirilo de Alexandria Almeida disse que a determinação do prefeito Dr. Luiz Braz era o de fazer um projeto robusto, durável e bem feito, do início ao fim. “Sabemos da falta que essa ponte faz para a comunidade e nos desdobramos em preparar um bom projeto, que atenda essa demanda e suporte a força das águas”.

A Prefeitura de Campo Limpo Paulista também está solicitando liberação dos órgãos ambientais para limpeza e desassoreamento do Rio Jundiaí e drenagens daquela região.

Reconstrução
A Prefeitura trabalhou firme nos últimos meses para reconstruir o que foi provocado pelas chuvas de janeiro, inclusive buscando verbas estaduais e federais, já que Campo Limpo Paulista não dispunha de recursos necessários para a reconstrução. “O custeio do governo do Estado chegou rapidamente e com ele, estamos executando limpezas de bueiros com equipamentos mecanizados e recuperação de vias sem pavimentação ”, diz Fávaro.

O secretário Cirilo diz que “tivemos quatro obras aprovadas pelo governo federal para reconstrução de pontes e recuperação de travessias – porém, devido ao período eleitoral, a previsão é que o valor seja repassado apenas no final do ano”. Dessa forma, os esforços foram feitos para que a obra fosse feita pelo próprio município, não penalizando ainda por mais tempo a população.

Agora, a cidade ainda aguarda liberação de verbas para recuperação da ponte do Córrego Mãe Rosa (bairro Santa Paula), travessia da Marginal próximo ao Boa e Estrada dos Conferentes.

%d blogueiros gostam disto: