Ministério Público quer proibição de menores no Santos

O Ministério Público do Trabalho entrou com ação civil contra o Santos. O órgão acusa o clube da Vila Belmiro de exploração infantil, com cerca de 50 garotos na categoria de base sem receber salários e outros benefícios. O MPT pede fechamento da categoria de base.

Segundo a denúncia também é grande a quantidade de jovens que passaram pelo departamento médico, devido lesões que sofreram.

O Santos informou que a ação corre em segredo de Justiça, mas que sempre preservou seus atletas e vai se defender.

Denúncia

O Santos pode receber uma punição pesada do STJD por incidentes na Vila Belmiro.

Cinco torcedores invadiram o gramado na partida contra o Corinthians pela Copa do Brasil e um deles tentou agredir o goleiro Cássio.

Além disso, sinalizadores e outros objetos foram arremessados em campo.

O clube pode ser enquadrado nos artigos 211 e 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que versam sobre a desordem, invasão e lançamento de objetos, e perder até dez mandos de campo e receber uma multa de até R$ 100 mil.

O prazo para oferecer denúncia é de até 30 dias após a partida.

%d blogueiros gostam disto: