Jundiaí perde o ex-vereador Jayme Schenkel

Jundiaí perdeu no sábado (22) o ex-vereador Jayme Schenkel, aos 93 anos.

Casado, de profissão fundidor, desde jovem as discussões sobre segurança, moradia, educação, igualdade de direitos e melhores salários já faziam parte de sua rotina.

Influenciado pelos ideais do Partido Comunista, foi eleito em 1956 diretor do Sindicato da Companhia Paulista de Estradas de Ferro.

Como não queriam lhe dar posse, recorreu ao então Ministro do Trabalho, João Goulart , o “Jango”, que depois veio a ser Presidente do Brasil, deposto pelo Golpe Militar de 1964.

Jango interveio, e assim Jayme pôde assumir o sindicato. Sua atuação no sindicato o levou a conhecer o também ex-Presidente Jânio Quadros.

Foi suplente do Vereador Ary Normanton na terceira Legislatura, tendo assumido o exercício do cargo durante o ano de 1959.

Texto de Jamilson Tonoli

%d blogueiros gostam disto: