Mãe pede socorro para a Guarda para prender o filho

Uma moradora do Jardim Paulista, em Várzea Paulista, acionou a Guarda Municipal da cidade para prender o próprio filho. Ela disse para o atendente do serviço de emergência que possuí Medida Protetiva expedida pela Justiça porque o filho é muito violento e já a agrediu várias vezes.

Uma viatura compareceu até a residência e constatou que o autor estava por lá. A equipe verificou a documentação da Justiça e confirmou que havia a restrição expedida pela 2ª Vara da Justiça do Município.

O autor disse que não iria deixar a casa de sua mãe, porque ela lhe pertence. Diante dos fatos ele recebeu voz de prisão e foi conduzido até a Delegacia, onde o delegado Rafael Diorio Costa determinou recolhimento para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

%d blogueiros gostam disto: