Prospera Família abre inscrições para Campo Limpo Paulista

O Programa Prospera Família, da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, abriu inscrições para 880 vagas, dentre elas, 80 para em Campo Limpo Paulista.

As inscrições são para chefes de família monoparental (mãe ou pai que vive sem cônjuge e tem filhos dependentes), e que tenham cadastros atualizados no CadÚnico.

Interessados devem inscrever-se no site do Programa Bolsa do Povo https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/ até o dia 08 de novembro.

O objetivo é oferecer cursos e oficinas de empreendedorismo que garantam autonomia após a conclusão do módulo 2022/2023. As oficinas da edição 2022/2023 começarão em novembro 2022 e terminarão em setembro de 2023.

Serão oferecidos cursos de capacitação e orientação profissional e cursos de capacitação empreendedora nas áreas de alimentação, beleza e setor administrativo. O treinamento será dará por meio de parceiros do Sistema S, composto pelas entidades: Sesi, Senai, Sebrae, Sesc, Senac, Sest/Senat.

As oficinas irão acontecer em equipamentos municipais, como: salas dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), escolas e espaços cedidos por parceiros, além de organizações sociais locais.

As cidades participantes que se interessaram pelo programa firmaram convênios com a pasta social do estado para receber o Prospera.

Critérios
Os critérios exigidos para a compatibilidade com o programa são: ter cadastro atualizado no CadÚnico, o Responsável Familiar (RF) da família monoparental ter renda per capita de até R$ 210,00 – com pelo menos uma criança de 0 a 6 anos.

Em caso de empate, serão priorizadas as mulheres chefes de família: a menor renda; maior número de pessoas na família; e se for pessoa com deficiência.

Recursos
A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado irá investir R$ 3.951.420,00 para o programa nessas cidades da região de Campinas. O valor total inclui a contratação de tutores, aluguel de imobiliário, transferência de renda aos beneficiários durante os 12 meses de duração das oficinas e cursos.

Em todo o estado, estão sendo investidos R$ 75 milhões para viabilizar a infraestrutura da edição 2022/2023 do Prospera Família em todo o estado.

O valor total é investido em quatro frentes. Há ajuda de custo de R$ 3.560 no total, dividida em parcelas de R$ 130,00 mensais durante 12 meses, mais uma parcela de R$ 1.500,00 para auxílios, e ainda uma terceira parcela, que é única no valor de R$ 500,00 para uma poupança.

Além disso, uma boa parte da verba de custeio será transferida fundo a fundo para a contratação de profissionais. A transferência fundo a fundo é do Feas (Fundo Estadual de Assistência Social) aos fundos municipais das 53 prefeituras participantes.

Cada município receberá R$ 74,4 mil durante todo o processo para cada turma de 80 beneficiárias. Este valor é destinado para a contratação de tutor (que acompanhará as beneficiárias durante a trilha do programa), além de bancar a alimentação e transporte para as beneficiárias. Assim como aluguel de materiais, fogões, geladeiras, máquinas de costura – itens que podem ser utilizados na etapa de formação caso o município não os tenham. Um único profissional é responsável pelo atendimento social de 80 mulheres participantes do Prospera Família.

Capacitação tutores
Hoje o Prospera Família conta com 200 tutores que atuam em todo o estado. Esses profissionais são contratados pelos municípios, mas os recursos para a contratação são de origem do Feas. Eles executam as funções de acompanhamento das beneficiárias durante a participação no programa, apoiando o desenvolvimento pessoal e profissional, respeitadas as características pessoais, o protagonismo e o contexto familiar das beneficiárias.

Os tutores foram capacitados, através de instituição parceira, com a metodologia Prospera, visando a plena execução do programa e o melhor acompanhamento das beneficiárias, garantindo a maior eficiência, eficácia e efetividade do Programa Prospera Família.

Política participativa
A quantidade de participantes foi definida em conjunto com a Comissão de Intergestores Bipartite do Estado de São Paulo (CIB) e o Conselho Estadual de Assistência Social (Conseas).

Prospera Família edição 2021/2022
Foram formadas cerca de 4.200 beneficiárias e outras 500 saíram antes do encerramento das atividades porque foram inseridas no mercado do trabalho

O investimento da edição foi de R$ 63 milhões em infraestrutura e ajuda de custo para 8 mil mulheres realizarem os cursos nas áreas de beleza, alimentação, funções administrativas e moda.

O número de tutores trabalhando chegou a 150 profissionais nos 23 municípios participantes. O programa teve início em agosto de 2021 encerrando doze meses depois.

%d blogueiros gostam disto: