Frio começa a dar trégua no Sudeste

MAUREN LUC

CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) – O frio que provocou neve em Santa Catarina nesta semana promete dar uma trégua nas regiões Sul e Sudeste nos próximos dias. A massa de ar polar chegou ao Nordeste trazendo chuva, que deve persistir no fim de semana.
Bahia, Piauí, Maranhão e Pará são os estados do país que terão chuva mais intensa, aponta o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Ela é resultado da grande concentração de nebulosidade que acompanha a massa de ar polar.

As temperaturas no Nordeste, no entanto, tendem a subir. Nesta sexta-feira (4), a mínima registrada na região foi na Bahia, com 13°C em Vitória da Conquista, onde a máxima chegou a 20°C. No sábado, a previsão máxima para a cidade é de 25°C, podendo chegar a 28°C no domingo -estimativa semelhante para a capital, Salvador.

Assim como no Sudeste, no restante do país não deve chover. Cleber Souza, meteorologista do Inmet, explica que a massa de ar começa a perder intensidade e por isso as temperaturas devem se elevar gradativamente.

Na cidade de São Paulo, os termômetros devem marcar de 10°C a 21°C no sábado e de 11°C a 22°C no domingo.

No Sul, as temperaturas ainda serão baixas. Temperaturas próximas a 0°C ainda estão previstas para o fim de semana na Serra Catarinense e no Planalto Sul, seguidas de geada.

Na madrugada de sexta (4), o fenômeno foi registrado nas cidades de São Joaquim (1,9°C), Bom Jardim da Serra (1,2°C) e Urubici (0,24°C).

Com poucas nuvens, porém, o sol eleva os termômetros durante o dia na região.

Marcelo Martins, meteorologista do Epagri/Ciram (Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina), lembra que os sulistas enfrentam um tempo atípico para novembro.

Prova disso foi a neve que caiu na última terça-feira (2) na serra catarinense, deixando as temperaturas abaixo de zero no estado.

Para os próximos dias, porém, a previsão é de tempo estável no Sul, sem indicativo de chuva significativa, apenas chuviscos. “Tempo ameno e típico de primavera”, conclui o meteorologista.

%d blogueiros gostam disto: