Festa da Uva 2023 terá quatro finais de semana

Se com três finais de semana a Festa da Uva de Jundiaí movimenta R$ 18 milhões em vendas no Parque Comendador Antonio Carbonari e atrai 200 mil pessoas de todo o Brasil, com um final de semana a mais a expectativa é de aumento próximo de 20% no movimento, o que reflete diretamente na economia da cidade. Em 2023, a 38ª Festa da Uva e 9ª ExpoVinhos acontece entre os dias 12, 13, 14, 15, 20, 21, 22, 27, 28 e 29 de janeiro e 03, 04 e 05 de fevereiro.

“Jundiaí é a Terra da Uva Niagara Rosada e bicampeã como destino de Turismo Rural do Estado. A Festa da Uva é importante pela divulgação do destino, fomenta a economia, gera renda que vai muito além dos produtores rurais, movimentando a economia em todos os aspectos, como o hoteleiro, a gastronomia, as agências receptivas e os guias de turismo locais”, detalha o prefeito Luiz Fernando Machado.

De acordo com dados do Departamento de Fomento ao Turismo da Unidade de Gestão de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT), a Festa movimentou cerca de R$ 18 milhões em vendas em sua última edição. Foram 170 expositores participantes, 200 atrações artísticas e mais de 200 mil visitantes registrados.

“A Festa da Uva é uma das datas mais importantes do Agronegócio de Jundiaí, uma vitrine da nossa produção agrícola e do turismo rural em Jundiaí. Todos estão ansiosos para sua volta”, comenta o gestor da Unidade de Gestão de Agronegócio, Abastecimento e Turismo, Eduardo Alvarez.

Para a diretora de Turismo da UGAAT, Marcela Moro, a festa, por si só, tem a identidade de Jundiaí em sua história e é a base da política pública de fomento ao turismo do município. “Em sua edição de 2020, a festa recebeu 205 mil visitantes, de 195 cidades, 26 estados e 24 países diferentes. Estes turistas vêm à festa e retornam ao longo de todo o ano. A Terra da Uva também é terra do turismo”, destaca.

Para o gestor da Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF), José Antonio Parimoschi, a ampliação em mais um final de semana para a Festa da Uva, garantirá maior conforto para os visitantes e ganhos para os expositores no evento. “O Turismo tem crescido na cidade a partir de capacitações, formações e estímulo ao empreendedorismo, que são marcas da gestão. A Festa da Uva é evento que mobiliza todos os setores do município, promovendo a geração de renda e estimulando os empreendedores locais”, explica.

Já para o gestor de Cultura, Marcelo Peroni, o aumento nos dias de Festa deve trazer um impacto positivo em toda a cadeia de trabalhadores envolvidos. “Este aumento deve beneficiar não somente os produtores e entidades envolvidos com a festa, como também os artistas contratados, desde os atores do receptivo, até os músicos e profissionais de outras linguagens artísticas. Isso vai também ao encontro da nossa percepção de aumento de público nas agendas culturais após a pandemia, que deve ser uma realidade também nesta tradicional comemoração jundiaiense”.

%d blogueiros gostam disto: