Mestre sala da Escola Arco-Íris é assassinado em Jundiaí

O mestre sala da Escola de Samba Arco-Íris, de Jundiaí, Lucas Gabriel dos Santos Pedroso, de 22 anos, foi assassinado na madrugada desta sexta-feira (11), dentro de sua casa, na rua Wilson Craveiro, no Jardim das Tulipas. O delegado Josias Guimarães, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), determinou empenho de várias equipes para tentar localizar os autores do crime.

O pai de Lucas relatou aos policiais civis que chegou em casa com o seu Vectra e, quando estava guardando o veículo na garagem saíram correndo dois indivíduos, sendo um deles armado com pistola .9 mm.

Os bandidos arrancaram a vítima do interior do carro e a jogaram no chão, tomando rumo desconhecido com o carro.

Quando o pai ingressou na residência encontrou o filho com perfuração de arma de fogo no pescoço.

O pai, desesperado, tentou estancar o sangue e gritou para vizinhos pedindo socorro. Eles chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

O médico Maurício Cury compareceu ao endereço e constatou o óbito no local.

O delegado do Plantão da Polícia Civil, Antônio Seleguin Júnior, requisitou a presença de peritos da Polícia Científica.

Também pediu apoio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Os investigadores pedem auxílio dos vizinhos, que tenham câmeras de monitoramento, para fornecer imagens para a equipe.

O chefe dos investigadores, Edmilson, disse que as diligências prosseguem em toda a cidade, em busca de suspeitos.

As denúncias podem ser feitas no telefone 181.

Escola de Samba

A Escola de Samba Arco-Íris emitiu um comunicado pela manhã, lamentando a morte de Lucas Gabriel.

Segundo a nota, o jovem fazia parte da agremiação desde pequeno e vai deixar muitas saudades.

O pai da vítima relatou aos policiais civis que o filho era uma boa pessoa, não fazia mal para ninguém.

Os ladrões levaram, além do Vectra, os telefones celulares de Lucas e do pai dele.

%d blogueiros gostam disto: