Polícia Civil prende golpistas em agência bancária de Cabreúva

Os policiais civis de Cabreúva, Antônio e Ronaldo, foram destacados pelo delegado José Ricardo Arruda Marchetti para verificar um possível estelionato na agência do Banco do Brasil do Jacaré, em Cabreúva.

Os policiais entraram em contato com o gerente que apontou para um cliente de 59 anos que estava tentando abrir uma conta corrente e realizar empréstimo. Mas havia divergência de dados informados.

Quando os policiais pediram a documentação, o homem apresentou identidade com a foto dele. Mas o nome era de outro beneficiário do INSS.

O indivíduo confessou que tentava aplicar um golpe e sacar o benefício do cidadão.

Como era da Capital, os experientes policiais questionaram como tinha chegado na cidade e ele indicou um Sandero do lado de fora.

Na tentativa de abordagem o motorista, de 29 anos, acelerou e fugiu. Houve acompanhamento e ele foi detido. O rapaz acabou confessando que no dia anterior também aplicaram golpe em Louveira, também no Banco do Brasil, com a utilização de documentos falsificados.

O jovem ofereceu aos policiais civis o dinheiro que havia sacado da conta de outra vítima que tem benefício do INSS. Diante dos fatos o rapaz também foi preso por falsificação de documento, estelionato e corrupção ativa.

O delegado José Ricardo determinou o encaminhamento dos presos para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Um dos autores já tinha passagens criminais por estelionato e vai responder a mais dois, sendo um de Cabreúva e o outro de Louveira.

 

%d blogueiros gostam disto: