JORNAL DA REGIÃO

JUNDIAÍ E REGIÃO

Ecovias procura solução para reduzir acidentes nas estradas

Reduzir os índices de acidentes e, consequentemente, as vítimas do trânsito nas rodovias paulistas é a preocupação do Programa de Redução de Acidentes (PRA), coordenado pela ARTESP –Agência de Transporte do Estado de São Paulo em parceria com as 20 concessionárias do Estado. A busca de soluções para alcançar esse objetivo é uma constante nos projetos desenvolvidos pelas operadoras das rodovias e, para isso, agregar novas tecnologias é um dos desafios.

É com esse intuito que a EcoRodovias – gestora de 10 concessionárias de rodovias no país, entre elas a Ecovias, responsável pelo Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), e a Ecopistas, que opera o Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto – lança um desafio junto às startups para desenvolver ferramentas que utilizem Inteligência Artificial (IA). O objetivo é ajudar na classificação das causas dos acidentes e aprimorar as medidas de prevenção a serem aplicadas na malha concedida. As inscrições vão até o dia 7 de abril por meio do link www.aevo.com.br/ecorodovias.

Para a elaboração do diagnóstico, as startups deverão cruzar informações das ocorrências nos registros do banco de dados das concessionárias como localização, características e dinâmica das ocorrências; trajetória de GPS; características geométricas da via como raio de curva e declives; imagens de câmeras instaladas nas rodovias, condições climáticas e condições do pavimento, entre outros parâmetros. Além de criar uma solução que ajude a diminuir os índices de acidentes, a solução contribuirá também para melhorar a operação nas rodovias.

“A redução de acidentes é uma meta da ARTESP e das concessionárias desde o início do Programa de Concessões. Desenvolver novas ferramentas e investir em novas tecnologias é vital para alcançarmos um trânsito mais seguro para todos”, reforça Milton Persoli, diretor-geral da ARTESP.

Com este desafio, a EcoRodovias amplia seu sistema de inovação aberta por meio do InovaEco, que busca parcerias com instituições acadêmicas, governos, startups para aprimorar o setor e a gestão das rodovias. Além da ARTESP, a iniciativa conta com apoio da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

%d blogueiros gostam disto: