JUNDIAÍ

Jundiaí e Instituto Cidades Sustentáveis estudam parceria com foco em Agenda 2030 da ONU

O Prefeito Luiz Fernando Machado e membros do Instituto Cidades Sustentáveis se reuniram no gabinete municipal, nesta quinta-feira (25), para estudar o fechamento de um convênio com o objetivo de elaborar o Relatório Local Voluntário (RLV), um documento norteador de políticas públicas com foco na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) para Desenvolvimento Sustentável, além do desenvolvimento da Agenda Jundiaí 2050.

O Relatório utiliza como base os índices adquiridos por cada um dos municípios. Em 2022, Jundiaí conquistou a segunda colocação do ranking das cidades brasileiras em desempenho nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, desenvolvido pelo Cidades Sustentáveis. O documento busca orientar o poder público na busca por melhoras nos índices de sustentabilidade, avaliar os processos voltados aos ODS e reforçar o compromisso da gestão com a causa.

“Jundiaí tem aliado o desenvolvimento econômico e o crescimento urbano com os conceitos mais modernos de sustentabilidade. Jundiaí é a Cidade das Crianças e fortalecer essas ações é fundamental para melhorar a qualidade de vida das pessoas no presente e pensar no mundo que queremos para o futuro”, comenta Luiz Fernando.

“A busca por iniciativas sustentáveis foi iniciada em 2017, no início da gestão. Desde então temos conseguidos inúmeros avanços e queremos melhorar ainda mais com foco em um planejamento de longo prazo. A partir do momento que existem investimentos na sustentabilidade a cidade se desenvolve e as pessoas passam a ter mais qualidade de vida”, ressalta o Gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi.

Também participaram da reunião o Gestor de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), Sinésio Scarabello; o Gestor Adjunto de Governo, Jones Martins; o Diretor de Planejamento e Governança, Fernando Polo; o Diretor da Unidade de Entregas, João Anhesini; e a Diretora de Parcerias Estratégicas, Daniele Ruiz. Pelo Instituto estiveram presentes o Coordenador Geral, Jorge Abrahão, e a Coordenadora do Programa Cidades Sustentáveis, Zuleica Goulart.