PMs mentiram sobre roubo de viatura

Os policiais militares da Capital, que denunciaram roubo da viatura do 46º Batalhão vão responder processo por falsa comunicação de crime. Eles mentiram quando avisaram pela rede de rádio que a viatura havia sido roubada por quatro homens com fuzis e pistolas. Envergonhados porque a viatura tinha sido furtada, eles inventaram a história, que não colou para o comando do Batalhão.

O furto da viatura ocorreu na avenida Av Almirante Delamare, Heliópolis.

A Polícia Militar informou por meio de nota ao público que, após os primeiros atos de investigação, verificou-se que a versão inicialmente apresentada pelos policiais militares do 46º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano continha inverdades. Diz a nota:

“Não houve a aproximação de um suposto veículo preto e tampouco a abordagem de outros criminosos armados com fuzis; dois policiais militares estavam cumprindo um ponto de estacionamento próximo à Comunidade Heliópolis, quando, por motivos a esclarecer, não mantiveram o contato visual e a adequada segurança com a viatura; nesse momento uma pessoa aproveitou dessa situação, entrou na viatura e empreendeu marcha; esses policiais militares tentaram impedir o furto da viatura e efetuaram disparos contra o carro oficial, mas o infrator conseguiu fugir, provocando o início das ações de cerco e acompanhamento, que avançaram pela rodovia dos Bandeirante, até a praça de pedágio, km 77; as ações também culminaram num acidente de trânsito com outra viatura policial que, felizmente, não vitimou qualquer pessoa; na dinâmica dos fatos o autor do furto veio a colidir posteriormente a viatura contra uma carreta e morreu nesse segundo acidente.

A história inicialmente narrada pela rede de rádio da Instituição foi objeto de alerta às Unidades de Serviço, para mitigar os riscos principalmente de usuários das vias por onde o veículo oficial transitou, bem como aos policias militares que se desdobraram para conter a situação.

A Polícia Militar instaurou Inquérito Policial Militar para apurar a conduta dos envolvidos. O ladrão que levou a viatura e morreu ainda não tinha sido identificado.

Na fuga, ele bateu contra uma carreta utilizada como bloqueio na Rodovia dos Bandeirantes, no pedágio do Km 77, em Itupeva.

%d blogueiros gostam disto: