Sede dos Escoteiros Jundiá é furtada

A sede dos Escoteiros Jundiá, na rua Cica, na Vila Rami, foi alvo novamente de ação de marginais que causaram mais prejuízos para a instituição que também já sofreu com incêndios e ações de vândalos.

Na madrugada deste sábado, dia 06, o Grupo Escoteiros Jundiá teve sua sede invadida e foram furtados alimentos, uma máquina de cortar grama, furadeira, além de revirarem todas as salas do local.

A Guarda Municipal esteve no local por volta de 1h30 deste sábado e acionou o diretor presidente da associação, André Luiz Viveiros.

Segundo o presidente do grupo, as atividades previstas para este sábado tiveram de ser canceladas, pois o local ficou totalmente destruído.

O Grupo Escoteiros Jundiá foi fundado 1982 e atende cerca de 70 crianças e jovens de seis a 21 anos, de Jundiaí. Sua missão é contribuir com a educação do jovem, usando os princípios e valores do Escotismo, a fim de formar indivíduos melhores, contribuindo com um mundo melhor.

A sede fica localizada na rua Cica, número 1300, na Vila Rami.