Pais reclamam de mudança na EMEB Pedro Clarismundo Fornari

Dezenas de pais foram avisados pela direção da Emeb Pedro Clarismundo Fornari, no Rio Acima, que a partir do próximo ano os alunos que atualmente cursam o 5º ano, serão transferidos para outra unidade escolar.

“Eles querem tirar o 6° ano da escola e transferir os alunos para a escola Cecília Rolemberg, quase próximo ao Centro de Jundiaí. Como pode isso? Crianças de apenas 11 anos terão que ir e vir sozinhos de uma escola localizada tão longe? Então que eles transfiram o 9° ano que já são maiores.”, reclama Valeria Maltoni, mãe da aluna Haylla Maltoni Damasceno.

“Nós mães estamos preocupadas com nossos filhos. Muitas crianças passam em psicólogo e na APAE e não tem condições de andarem sozinhos com pouca idade. Ressaltando que o bairro Rio Acima sofre com muita dificuldade de transporte, ônibus passam a cada 40 minutos, enviam ônibus quebrados para nossos bairro e nos dias chuvosos não passam ônibus e ainda nosso bairro está na prefeitura como asfaltado”, aponta Rose Santos, mãe da aluna Ana Carolina Santos. “Eles falam que tem falta de professores , mas na escola Fornari tem professores muito competentes para dar aulas para o ciclo 6 fundamental”, completa.

“Como vamos deixar nossos filhos pegar um ônibus ao meio-dia e deixá-los às 19h da noite esperando ônibus sozinhas, pois a maioria das mães trabalha e o deslocamento da escola até a nossa residencia é próximo. Já se transferirem para a Cecília Rolemberg, isso vai ser complicado. Nossos filhos não terão como estudar! Isto é um absurdo”, relata Joyce Silva, mãe do aluno Maycon Carlos de Souza Silva.

Nathalia Araújo também conta que a situação é complicada. “Tem crianças que passam por tratamentos psicológico e não querem mais estudar com medo de terem que ir até uma outra escola. Fora que nosso bairro sofre com problemas de transporte. Os ônibus que trazem para cá são os piores e nos dias de chuva os ônibus passam somente em rua asfaltadas, que são poucas. Não podemos perder o ensino!”

 

Esclarecimento

A Unidade de Gestão da Educação esclarece que iniciou o processo de discussão com a comunidade, estabelecendo e definindo critérios para as transferências dos alunos, com base no menor impacto para a comunidade, visando, sempre, ao melhor atendimento aos estudantes, pelos motivos abaixo elencados. É importante destacar que a Prefeitura disponibilizará Transporte Escolar para os transferidos.

* As matrículas do Sistema Municipal de Ensino são referentes a cerca de 30 mil alunos e apenas 269 desses alunos estão matriculados no Ciclo II (6º ao 9º ano), sendo atendidos, exclusivamente, na Emeb Pedro Clarismundo Fornari, bairro do Rio Acima;

* A região do Rio Acima apresenta demanda não atendida na faixa etária dos 4 a 5 anos de idade, cuja responsabilidade é da Prefeitura de Jundiaí. Conforme a Lei Federal 12.976/2013, crianças nessa faixa etária não podem ficar de fora da escola. A transferência dos alunos do 6º ao 9º ano visa abrir espaço na Emeb Pedro Clarismundo Fornari para que a demanda de matrículas dos alunos de 4 a 5 anos seja atendida, novamente, conforme determina a lei.

* As transferências dos alunos do Ensino Fundamental II ocorrem a partir dos 6ºs anos, de forma a garantir que o aluno estude o ciclo II completo em uma única Unidade Escolar, e que também é importante a convivência contínua dos alunos de mesma faixa etária, utilizando espaços adequados para o ciclo;

* Para 2018, a Rede Estadual possui vagas disponíveis para os 6ºs ao 9ºs anos.