Atriz Poliana Dandara revela que já sofreu preconceito por não ser uma mulher alta

A atriz e modelo Poliana Dandara, que recentemente fez uma participação na novela “Carinha de Anjo”, do SBT, exalta o Dia das Mulheres e diz que ser do sexo feminino significa ser guerreira e vencer a cada dia os obstáculos que todas enfrentam.

“Acredito em mim e na força da minha feminilidade porque me permito ser mulher, me permito ser linda, me permito ser maravilhosa e poderosa. Já sofri preconceito por não ser uma mulher alta pois tenho apenas 1,56m de altura, mas hoje isso não me atinge mais porque altura não quer dizer nada. Cada uma que tenha a sua e todas as mulheres são lindas”, afirma a morena que está morando em São paulo há 5 meses em busca do seu sonho.

“Neste momento só quero pedir saúde e força para continuar lutando e correndo atrás dos meus objetivos e sonhos. Destaco que essa transformação cultural foi algo que as mulheres lutaram muito e conquistaram seu espaço na sociedade e percebo que cada vez mais as mulheres estão liderando espaços onde existiam apenas homens. É a luta por igualdade! Significa o respeito à dignidade da mulher conquistada, mas ainda não totalmente”, completa a atriz e modelo.

Poliana Dandara também comenta o machismo e o feminismo: “O machismo é uma idiotice pois os homens não são piores ou melhores que as mulheres. Muitos aproveitam a internet para humilhar as mulheres pois o anonimato os esconde. Se o mundo desse atenção a um tema como esse garanto que o machismo acabaria. Já o feminismo não prega o ódio como muitos dizem e não prega a dominação das mulheres sobre os homens. O feminismo clama por igualdade e quer o fim da dominação de um gênero sobre o outro”.