DIG descobre golpe do seguro em Jundiaí

Os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí descobriram mais um golpe do seguro. Depois da mulher que jogou BMW nas águas do Vale Azul, no Jundiaí-Mirim,  para receber o dinheiro do seguro, agora foi um metalúrgico que levou sua Montana, ano 2012, para as águas do lago profundo, esperando que ninguém descobrisse.

Os policiais Tafarello, Samuel e Roberto, chefiados pelo delegado Ruiter, estranharam o depoimento de um metalúrgico, relatando que havia sido roubado. Eles chamaram a vítima para prestar novo depoimento na DIG e houve contradições com as primeiras informações.

Os investigadores resolveram fazer uma reconstituição do assalto e a suposta vítima entrou ainda mais em contradição e ficou bastante nervoso. Depois confessou a falsa comunicação de crime.

Os policiais requisitaram apoio do Corpo de Bombeiros de Jundiaí para mergulhar no Vale Azul e procurar a Montana. O carro foi achado exatamente no local onde o metalúrgico disse ter jogado.

Um guincho foi requisitado para retirar a picape das águas.

Os policiais contaram que o metalúrgico já havia dado entrada nos documentos para solicitar indenização da Caixa Seguradora.

Diante dos fatos o delegado Ruiter determinou a prisão em flagrante do metalúrgico e o seu encaminhamento para o Centro de Triagem de Campos Limpo Paulista para aguardar decisão da Justiça.

A Montana foi apreendida e levada para a sede da DIG.

 

%d blogueiros gostam disto: