SAMU consegue mais uma viatura

O prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, anunciou na manhã deste sábado (29) que o Governo Federal liberou mais uma viatura para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

A viatura deve chegar na cidade em breve, para reforçar os serviços com média de 1.250 ocorrências todo mês, 24 horas por dia.

A sede do SAMU fica na avenida Frederico Ozanan, no bairro da Ponte São João.

Quando ligar no 192 colabore com o máximo de informações para ajudar o Plantonista e o médico.

Na cidade existem três tipos de serviços de atendimento, sendo um o SAMU (veja abaixo como usar), o SAEC (para doentes crônicos e acamados) e o Corpo de Bombeiros (para acidentes).

Veja quando chamar o SAMU

  • Na ocorrência de problemas cardio-respiratórios;
  • Acidentes de trânsito
  • Intoxicação exógena e envenenamento;
  • Queimaduras graves;
  • Na ocorrência de maus tratos;
  • Trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto;
  • Em tentativas de suicídio;
  • Crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito;
  • Quando houver acidentes/traumas com vítimas;
  • Afogamentos;
  • Choque elétrico;
  • Acidentes com produtos perigosos;
  • Suspeita de Infarto ou AVC (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns);
  • Agressão por arma de fogo ou arma branca;
  • Soterramento, Desabamento;
  • Crises Convulsivas;
  • Transferência inter-hospitalar de doentes graves;
  • Outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

Quando não chamar o SAMU 192

  • Febre prolongada;
  • Dores crônicas;
  • Vômito e diarreia;
  • Levar pacientes para consulta médica ou para realizar exames;
  • Transporte de óbito;
  • Dor de dente;
  • Transferência sem regulação médica prévia;
  • Trocas de sonda;
  • Corte com pouco sangramento,
  • Entorses;
  • Cólicas renais;
  • Transportes inter-hospitalares de pacientes de convênio;
  • Todas as demais situações onde não se caracterize urgência ou emergência médica.

Nestes casos e em todos os casos sem caracterização de urgência ou emergência, o paciente poderá ser encaminhado ao posto de saúde ou então as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) mais próximas.

Dicas para quem ligar para o SAMU 192

  • Verifique a quantidade de vítimas, o estado de consciência delas e se alguma delas está presa ás ferragens;
  • Ligue para o 192 e siga as orientações do Médico Regulador;
  • Sinalize as vias com galhos de árvores e triângulo de sinalização;
  • Em caso de acidente com motos: não toque nas vítimas, não retire o capacete;
  • Não dê água aos acidentados

Veja como usar o SAEC

O telefone de atendimento é o

  • (11) 4526-4448
  • Serviço de atendimento a pacientes especiais e crônicos, prestado por ambulâncias com profissionais treinados e capacitados em remoção de pacientes para terapias, exames, consultas, altas hospitalares, mediante agendamento prévio no próprio serviço.

    Pode também servir como apoio em casos já avaliados pela regulação médica do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

     

    Quando é necessário?

    Direcionado a pacientes acamados, ou não, com dificuldades de locomoção, para realização de exames, consultas e procedimentos médicos.

     

    Documentos Necessários:

    • apresentação de RG ou outro documento de identificação original com foto;
    • apresentação de comprovante de residência original (conta de água, luz ou telefone).

    Quem deve solicitar o serviço?

    Familiar ou responsável pelo agendamento no serviço solicitante, mediante apresentação de relatório médico em que conste a necessidade de remoção do paciente. Deve ser informado telefone para contato.