DDM prende pai por agredir gêmeas de 10 meses

A Polícia Civil de Jundiaí prendeu um rapaz de 2o anos denunciado por maus tratos contra as filhas, gêmeas, de apenas 10 meses.

Laudo médico do Hospital Universitário (H.U.) aponta que as meninas vinham sendo agredidas com certa frequência, pelas lesões constatadas no corpo de cada uma.

O caso mais grave é da menina que chegou ao Pronto Socorro com o braço quebrado. A outra apresenta lesões na cabeça.

A mãe denunciou o próprio marido à Polícia Civil, relatando que a cunhada viu quando o companheiro arremessou a filha de um ano, segurando-a pelo “bracinho”, contra o colchão da cama do casal.

Ela questionou o que estava ocorrendo e o marido disse que era “brincadeira”. Ela questionou se ele queria “matar a criança”. Posteriormente constatou que havia algo de errado com a filha e a levou até o Pronto Socorro. As duas bebês estão internadas no H.U.

A delegada Renata Yumi Ono, da Delegacia de Defesa da Mulher, determinou a prisão em flagrante do pai, sendo recolhido ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

A mãe relatou para a delegada o seguinte: “Não acreditei no que vi, passei mal e subi correndo chamar minha mãe”.

As duas bebês ficaram internadas e nesta sexta-feira (03) o hospital deverá fornecer documentos comprovando as agressões.