Morre autor dos jingles de Bolsonaro

Morreu no sábado (01) o músico Tales Volpi, de 26 anos, o DJ Reaça. Ele ficou conhecido em todo o País por fazer jingles para a campanha do presidente Jair Bolsonaro, com críticas à esquerda.

Nos últimos dias ele participou de movimentos em defesa do presidente. Foi encontrado enforcado. Amigos e parentes dizem que a morte é muito estranha, porque ele tinha vitalidade e desejo de ver o País mudar.

A Polícia descobriu que ele tinha uma amante e ela foi espancada por ele, tendo sido socorrida ao hospital de Indaiatuba.

Por meio de sua conta oficial no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro lamentou. “Tales Volpi, conhecido como Mc Reaça, nos deixou no dia de ontem. Tinha o sonho de mudar o país e apostou em meu nome por meio de seu grande talento. Será lembrado pelo dom, pela humildade e por seu amor pelo Brasil. Que Deus o conforte juntamente com seus familiares e amigos”, escreveu o presidente.

O corpo de Tales está sendo velado neste domingo (02) em Indaiatuba e será sepultado nesta segunda-feira (03), no Cemitério de Indaiá.

 

%%footer%%