Jundiaí supera SP em wi-fi grátis

Na comparação com outras cidades brasileiras, Jundiaí também está à frente no quesito acesso à internet gratuita. Com um ponto de wi-fi para cada 7 mil habitantes, a Terra da Uva ultrapassa a cidade de São Paulo, que dispõe de 1 ponto para cada 120 mil habitantes.

A meta da Prefeitura de Jundiaí é chegar ao ano de 2020 com todos os prédios públicos com acesso pelo sistema wi-fi [email protected] com a implantação da Infovia Digital, da Companhia de Informática de Jundiaí (Cijun).

Somente entre janeiro de 2017 e julho de 2019, a cidade ampliou em 90% a quantidade de pontos wi-fi para a população.

“Passamos de 30 para 57 pontos disponíveis gratuitamente para o uso dos munícipes. Com a facilidade que os dispositivos móveis oferecem – via aplicativos e informações -, o acesso gratuito é uma necessidade que vem sendo atendida prontamente pela gestão, que tem como objetivo ser uma administração digital. A oferta de sinal wi-fi democratiza o acesso para a população”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado.

Além do crescimento em números, a qualidade também foi melhorada, com a implantação de fibra ótica. A cidade está investindo R$ 10 milhões para a modernização da rede de fibra ótica a partir do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

De acordo com levantamento da Cijun, somente no primeiro semestre de 2019, 217.836 pessoas acessaram aplicativos pelo wi-fi [email protected] disponível na cidade.

“Nossa cobertura é muito maior e mais eficaz que a apresentada em outras cidades. Isso está alinhado com a proposta do governo do prefeito Luiz Fernando Machado, de ter uma cidade totalmente digital. Além dos prédios públicos, Jundiaí tem wi-fi em bairros como Jardim Fepasa e Jardim São Camilo. Nesses locais levamos não só internet, mas levamos oportunidade”, acredita o presidente da Cijun, Amauri Marquezi.

O representante comercial Adolfo Antonio Magussi mora da região do Vianelo e passeia com o beagle da família, Pipoca, na praça Francisco Pessolano diariamente. O local disponibiliza acesso gratuito pelo [email protected] “Desde que o sistema foi implantado aqui, percebo que o movimento aumentou. As pessoas buscam o espaço para usar a internet, ouvir músicas e até estudar”, comenta o morador.

Onde acessar
A população pode acessar o wi-fi Terminal Central, Terminal Hortolândia, Centro (praça/Polytheama/Pinacoteca), UPA Novo Horizonte, Clínica da Família, Velório Municipal, Terminal Cecap, Complexo Argos e Paço Municipal. Os últimos locais que receberam wi-fi público foram UBS Guanabara, PA Retiro, UBS Eloy Chaves, UBS Hortolândia, UBS Tamoio, UBS Jardim do Lago, UBS Agapeama, UBS Colônia, UBS Ivoturucaia e Base Ecológica.
Além de prédios públicos com cobertura de wi-fi, como unidades de saúde, escolas e ginásios esportivos, Jundiaí tem wi-fi em bairros como Jardim Fepasa e Jardim São Camilo. No mês de maio, 20 veículos do transporte urbano foram colocados em teste com a disponibilização do acesso gratuito para a internet. Todos os endereços dos pontos de acesso disponíveis podem ser conhecidos no endereço https://conectado.jundiai.sp.gov.br/.

Foto: Adolfo Antonio Mangussi passeia com Pipoca pela praça Francisco Pessolano, que é um dos pontos de acesso gratuito de internet grátis